Minas Gerais – Nos últimos dias, as equipes do Suporte Aéreo Avançado de Vida (SAAV) foram acionadas para diversos atendimentos. Um deles foi para resgatar um turista em trilha na região sul do estado e outro foi para transportar um paciente com traumatismo craniano, no norte de Minas.

Um turista de 39 anos caminhava por uma trilha no sul de Minas Gerais quando teve mal súbito. O homem foi acometido por um quadro de formigamento nos membros, seguido de perda de consciência. Ele realizava uma trilha conhecida como “Pedra redonda”, uma das trilhas mais populares de Monte Verde. O local era de difícil acesso e devido ao desnível do terreno não foi possível o pouso completo do helicóptero Arcanjo do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros.

Foi necessário desembarcar a equipe médica do CISSUL/SAMU no pairado para o primeiro atendimento. A vítima apresentava quadro de hipotermia e se encontrava deitada sem condições de andar. Após procedimento conforme protocolo de APH, a vítima foi imobilizada, embarcada no helicóptero e transportada até o Hospital da Associação Beneficente de Monte Verde.

No norte do estado, outra equipe do Arcanjo realizou a remoção aeromédica de um homem agredido e que teve ferimento grave na cabeça.

Como precisava de atendimento especializado foi levado da cidade de Salinas para hospital em Montes Claros, MG, norte do Estado. A equipe médica do SAMU, que tripula o Arcanjo, iniciou o atendimento avançado já no local pra que pudesse ser removido com segurança.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

7 − 3 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários