Versão atualizada do helicópetro EC135 T3/P3 entra em serviço na Itália

A versão atualizada do helicóptero EC135 T3/P3 da Airbus Helicopters já entrou em operação na Aiut Alpin Dolomites, provedora de serviço de resgate na região alpina ao norte da Itália, anunciou a Airbus Helicopters no dia 9 de dezembro.

A versão modernizada do EC135 começou a operar a serviço da Aiut Alpes Dolomites, uma entidade do norte da Itália especializada em resgate nas regiões alpinas. Este EC135 T3 que já está em plena atividade na Europa é o mesmo modelo que a Helibras traz para o Brasil no ano que vem, para realizar diversos voos de demonstração no país.

EC135 © Copyright Airbus Helicopters_ Charles Abarr

As missões de resgate da Aiut Alpes Dolomites foram beneficiadas pelas melhorias da nova versão da família EC135, entre elas as que incluem importantes reservas de potência para maior margem de segurança em manobras, aumento do “envelope” de voo em grandes altitudes e com temperaturas elevadas, bem como um aumento de peso máximo de decolagem para 2.980 kg. A nova versão se apresenta com duas opções diferentes de motorização, também modernizadas: o motor Arriel 2B2 “plus” da Turbomeca para o EC135 T3; e o motor PWC 206B3, da canadense Pratt & Whitney, para o EC135 P3.

“O EC135 T3/P3 evidencia a dedicação da Airbus Helicopters em aprimorar constantemente uma família de helicópteros já reconhecida como referência mundial em matéria de serviço médico de urgência, segurança pública e outras missões que exigem muito da máquina”, declarou Wolfgang Schoder, presidente da Airbus Helicopters de Donauwörth, na Alemanha, onde é produzido o EC135.

A operadora Aiut Alpin Dolomites, uma associação de voluntários que efetua a cada ano cerca de 700 salvamentos aéreos, muitos deles em condições difíceis, optou pelo EC135 T3. A associação já conta com um EC135 T2 para cobrir a área de esqui da região montanhosa de Dolomites e também para fornecer serviços médicos de urgência em eventos especiais, como os de automobilismo.

“As melhorias implementadas na nova versão T3 são impressionantes”, avaliou Raffael Kostner, fundador da Aiut Alpin Dolomites, depois de um voo de demonstração a bordo da nova aeronave da associação. “Graças ao EC135 T3, nossas equipes de busca e salvamento podem contar com grandes reservas de potência e com performances superiores para missões em grandes altitudes que fazem parte da nossa rotina”, acrescentou.

Dentre os aprimoramentos, pode-se citar o rotor principal com uma dimensão maior, um software modernizado para o sistema de controle digital de combustível (FADEC), uma cabine de comando equipada com um sistema completamente integrado de aviônicos para navegação e comunicação e a integração de entradas laterais de ar para o motor. Este helicóptero é equipado também com o novo equipamento opcional da Airbus Helicopters, o piso multifuncional, que tem um tamanho especialmente desenvolvido para missões E.M.S (Emergency Medical Services) e substitui a necessidade de um segundo equipamento de chão, o que elimina peso.

A fabricante já entregou em torno de 1.200 unidades da família EC135 para clientes do mundo todo, que juntos voaram com esse modelo 3 milhões de horas. Um quarto dessa frota atua em missões de EMS.

Fonte: Shephard News e Helibras.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

19 + 18 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários