Águia 10 localiza avião desaparecido no litoral paulista.‏

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

São Paulo – Na manhã desta sexta dia 27/04, o helicóptero Águia 10, da Base de Radiopatrulha Aérea da Praia Grande – SP, decolou para apoiar a Força Aérea nas buscas pelo avião de instrução monomotor, modelo Tupi, matrícula PT-NUH, pertencente ao Aeroclube de Itanhaém, que estava desaparecido desde a tarde do dia anterior.

O avião decolou de Sorocaba dia 26/04 com destino a Itanhaém, mas devido às péssimas condições meteorológicas não conseguiu pousar no seu destino. A alternativa era o aeródromo da Base Aérea de Santos, onde as condições também eram muito ruins.

Após às 14:30h a instrutora Vitória Carrer Barata, de 29 anos, e seu aluno Mateus de Souza Fonseca, de 19 anos, não fizeram mais contato com a Rádio Santos e desapareceram na região.

O SALVAERO Curitiba fez contato com a BRPAe Praia Grande solicitando apoio nas buscas, enviando inclusive uma área a ser sobrevoada entre São Vicente e Guarujá.

O Águia 10 fez uma primeira tentativa de sobrevoo às 09:30h, mas ficou limitado em pequenos setores de Guarujá, onde era possível o voo em condições visuais. As 11:00h decolaram novamente e verificaram que a nebulosidade estava parcialmente dispersa na região. Mesmo assim foi possível efetuar a varredura de alguns morros e encostas no litoral do Guarujá, próximo ao Bairro Guaiúba.

Às 11:30h a equipe do Águia 10 localizou o monomotor em meio à vegetação no alto do Morro Monduba, numa área do Forte dos Andradas. Imediatamente fizeram contato com a Base Aérea de Santos, passando as coordenadas geográficas do ponto, para que a aeronave SAR 8910 da Força Aérea, que estava pousada naquela base prosseguisse nos procedimentos.

Assim que receberam a notícia eles decolaram para o local e efetuaram a incursão de dois homens do SAR que fizeram as primeiras abordagens, constatando que não haviam sobreviventes.

O Águia 10 permaneceu nas imediações aguardando novas determinações. Efetuaram contato com o COBOM de Santos que deslocou uma equipe de busca em matas para apoiar a equipe da Força Aérea.

A localização da aeronave se deu graças ao empenho e profissionalismo da equipe do Águia 10; Capitão Adriani, Tenente Borell, Sargento Walter, Sargento André e Cabo Paulo Sérgio.

Essa ocorrência teve grande repercussão nos noticiários da região, que enalteceram a atuação das equipes, infelizmente não houve sobreviventes.

Fotos: Divulgação.

- Anúncio -

3 COMENTÁRIOS

  1. PARABÉNS AOS ENVOLVIDOS NESTA DIFÍCIL MISSÃO.
    PILOTOS, TRIPULANTES OPERACIONAIS E MECÂNICOS.

    A BASE DE RADIOPATRULHA AÉREA PRAIA GRANDE SE EMPENHA EM TODAS AS SUA MISSÕES, A FIM TAMBÉM DE ENALTECER COM PROFISSIONALISMO, DEDICAÇÃO E SEGURANÇA DE VOO, OS SERVIÇOS DA AVIAÇÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO E EM SUA ÁREA DE ATUAÇÃO NO LITORAL.

    NOSSOS SENTIMENTOS AOS FAMILIARES PELAS PERDAS IRREPARÁVEIS DE SEUS ENTES QUERIDOS.

    ABRAÇOS.

  2. Parabéns aos ÁGUIAS da base Praia Grande. Certamente várias horas de ansiedade e angústias eliminadas, lamentavelmente, junto com a esperança dos familiares em encontrá-los com vida…contudo, um trabalho profissional cumprido conforme a missão dada!
    Bons voos à todos!

    Álvaro, Trip Op BRPAe-ARA

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários