- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Ceará – Nas últimas semanas, as aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER) têm se destacado em variados acionamentos em todo o território cearense, desde atendimentos aeromédicos, ações policiais, resgates, buscas, salvamentos, defesa civil e monitoramento de meio ambiente.

Na manhã de quarta-feira (19) equipes do helicóptero Fênix 09 da CIOPAER e do Corpo de Bombeiros Militar realizaram o resgate de seis pessoas que estavam em caiaques que viraram em alto mar na Praia de Iracema, em Fortaleza. Quatro pessoas foram içadas pelo helicóptero através da técnica Mcguire e levadas até a faixa de areia. As outras duas foram levadas por guarda-vidas.

Outra missão recente aconteceu na sexta-feira (14), quando realizaram a remoção aeromédica de uma paciente de 79 anos, vítima de infarto agudo do miocárdio, do município de Limoeiro do Norte para Fortaleza, CE.

Durante esses sete meses, a Unidade Aérea Pública já realizou 667 missões de janeiro a julho de 2020. No total, foram 882 horas voadas. Os principais atendimentos englobaram patrulhamentos aéreos, com 125 deslocamentos e 137 horas em voo; e as remoções aeromédicas, com 104 acionamentos, totalizando 163 horas.

A Coordenadoria possui bases instaladas em quatro macrorregiões do Estado: Fortaleza, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral. Com isso, o tempo de resposta a partir de cada acionamento se torna bem menor.

No dia 21 de julho, a CIOPAER passou a contar com mais um reforço, um helicóptero que foi apreendido após uma investigação conduzida pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Repressão Às Ações Criminosas Organizadas (Draco), denominado Fênix 11.

Além dele, a CIOPAER possui ainda outras nove aeronaves, sendo oito helicópteros (dois AS350B2 esquilo, três Airbus EC135 e três EC145) e um avião modelo Cessna 210.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários