CIOPAer/TO apoia prisão de quadrilha que seqüestrou gerente de banco e esposa

As polícias Civil e Militar prenderam nesta terça-feira, 12, a quadrilha que seqüestrou o gerente do Banco Itaú e sua esposa em Palmas na noite desta segunda. O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (CIOPAer/TO) participou do resgate da refém que havia sido levada para um segundo cativeiro na saída para o município de Lajeado. Segundo o delegado Dr. Evaldo Oliveira Gomes da DEIC, quatro pessoas foram presas, incluindo a mulher de um dos bandidos.

Tocantins - CIOPAerUma operação de resgate em conjunto das polícias Civil e Militar colou fim ao sequestro do gerente do Bando Itaú e sua esposa em Palmas nesta terça-feira, 12. Durante uma coletiva de imprensa, o delegado Evaldo Oliveira Gomes da Deic – Delegacia Estadual de Investigações Criminais Complexas, disse que o casal está em segurança e passa por cuidados médicos e psicológicos.

Segundo o delegado Dr. Evaldo Oliveira Gomes, a quadrilha entrou na residência do gerente do Banco Itaú e de sua esposa, e após renderem o casal, os levaram para um cativeiro na zona rural da capital. “O casal foi levado para uma chácara, próxima a fazenda Raízes, na saída de Palmas para o município de Aparecida do Rio Negro, onde passaram a noite. Por volta das cinco horas da manhã, o gerente do banco foi libertado para efetuar o saque no cofre da instituição, e sua esposa foi levada para outro local”, diz.

“A ordem dos bandidos era para que o gerente trabalhasse normalmente, e que às 10h sacasse todo o dinheiro que fosse possível para entregar à quadrilha. O sistema de inteligência do banco acionou a polícia que iniciou uma ação de resgate. Por volta do meio dia, os policiais encontraram o segundo cativeiro onde estava a esposa do gerente, na mata da região que dá acesso para o município de Lajeado. O casal está agora em segurança e passa por cuidados médicos e psicológicos. Os dois estão muito abalados com tudo que aconteceu”, explica Dr. Evaldo Oliveira.

Delegado do Deic, Dr. Evaldo Oliveira Gomes, mostra armas e munições apreendidos com a quadrilha

O tenente Rangel Siqueira do Grupo de Operações Especiais com Cães conta detalhes da ação. “O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública deu suporte aéreo para a operação, que foi realizada em conjunto com as polícias Civil, DEIC e GOTE, e com a Rotam e o Grupo de Operações com Cães da Polícia Militar. Após resgatarmos a esposa do gerente do banco, partimos para a captura do único bandido que fazia a guarda da refém, que fugiu com a chegada dos policiais. No meio da mata o criminoso foi encontrado e não resistiu a prisão”, conta.

Os quatro suspeitos detidos pela polícia são Gildeon Pereira da Silva, Benedito de Souza Pereira, José Aurízio Freire Alves e Ângela Rodrigues Aires. Esta última disse ao delegado da Deic que é servidora pública e foi presa em sua casa no Jardim Aureny III por ser esposa de um dos criminosos e suspeita de participar do sequestro. Ainda de acordo com o Dr. Evaldo Oliveira, a polícia acredita que exista mais uma ou duas pessoas envolvidas no crime, e que todos vão responder por roubo qualificado e formação de quadrilha armada.


Fonte: Roberta TUM.

Foto: Mário Vianna.


3 COMENTÁRIOS

  1. Meus parabéns Comandante Garrido, bons voos e sucesso sempre para todos tripulantes do Ciopaer-TO. Teu “pequeno check-lis”t continua aqui te aguardando.

    TC BM Paulo Rogério de Andrade Lima.
    CBMRN

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezoito + 16 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários