“Guardião 01″ chega ao Pará – Estado investe R$ 80 milhões na renovação da frota do GRAESP

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A frota de aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) será renovada pelo governo do Estado, com a aquisição de quatro unidades até 2014. O objetivo é aumentar o apoio ao policiamento preventivo e repressivo, realizado pelos órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública do Pará, agilizando operações de salvamento e resgate de pacientes no interior.

para1

Atualmente, o Graesp conta com seis helicópteros e um avião para atendimento de todas as demandas do Estado. Desse total, quatro helicópteros são alugados – dois pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup); um pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em convênio com o Corpo de Bombeiros Militar do Pará, e outro pela empresa Norte Energia, do consórcio responsável pela construção da Hidrelétrica de Belo Monte.

“O que estamos fazendo é substituindo as aeronaves alugadas por aeronaves próprias. O governo do Estado comprou três helicópteros de médio porte, modelo Esquilo AS 350 B2, e um bi-turbina, modelo EC 145, com maior capacidade de tripulantes, para transporte de tropas e UTI móvel. Já recebemos a primeira, que está em processo de transferência de propriedade para o Estado. A aeronave modelo EC 145 será entregue em novembro deste ano, e os outros dois estão com previsão para entrega em maio de 2014”, informa o comandante do Graesp, coronel Josilei Gonçalves.

para8

Ele ressalta que, ainda neste mês, será realizada a licitação para a compra de mais um avião, destinado ao transporte de tropa, com entrega prevista para dezembro de 2013.

O investimento, de aproximadamente R$ 80 milhões, auxiliará as demandas de segurança e saúde pública em todo o Estado, frisa o coronel Gonçalves. “É tanto para atender as demandas da segurança pública, como radiopatrulhamento aéreo, apoio à busca e captura de elementos fugitivos de presídio e ocorrências policiais, como o resgate e remoções de vítimas de acidentes graves, mulheres em trabalho de parto, transporte de idosos e pessoas com necessidade especiais, do interior para tratamento na capital. São ocorrências que necessitam de deslocamento imediato”, ressalta o coronel.

Atendimentos – O Graesp faz, em média, 20 resgates por mês. Um deles aconteceu no início de julho, quando Igor Pereira, 12 anos, sofreu queimaduras de primeiro e segundo graus em 60% do corpo. O garoto precisou ser descolado imediatamente do município de Breves, no Arquipélago do Marajó, para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. “Esse serviço agiliza o atendimento às vítimas. Imagine se em vez que helicóptero o deslocamento do garoto fosse feito por uma embarcação! De Breves para a capital são 22 horas de viagem, que fizemos em uma hora e 20 minutos”, conta o comandante do helicóptero, capitão Marcelo Gomes, responsável pelo resgate de Igor.

Todas as aeronaves utilizadas pelo Graesp são equipadas com objetos de última geração, como transmissor de imagens em tempo real para o centro de controle em terra e câmaras de infravermelho, que facilitam ações durante a noite. As aeronaves utilizam guinchos para resgate em alto mar e rios da região, assim como em incêndios florestal, e contam ainda com kits para atendimentos de primeiros socorros em casos de resgates imediatos.

Integração – O Graesp é subordinado à Segup e trabalha de forma integrada, com servidores da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Juntos, eles trabalham principalmente em ações ligadas à segurança e saúde pública.

O Grupamento foi criado no final de 2011, com a unificação do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e da Coordenadoria de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros. Possui quatro bases em todo o Pará, sendo uma em Belém, com três helicópteros; uma em Marabá, uma Santarém e uma em Altamira, com um helicóptero cada.

Confiras as fotos:

Fonte: Agência de Notícias do Pará, por Pablo Almeida.

Fotos: Eunice Pinto/ Ag. Pará.

- Anúncio -

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabens aos amigos do Pará pela luta em fazer crescer a aviação de segurança pública. É importante fazer o Governo ver a necessidade de investimento nessa área. Parabens ao Cel Gonçalves pela visão de crescimento e ajuda aos órgãos de segurança pública!
    Um grande abraço todos!
    ROMUALDO – TEN PM
    PILOTO COMERCIAL DE HELICÓPTERO
    SUB-DIRETOR DO CEIOPAER/RN

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários