Convênio garante helicóptero para combate ao crime no PR

O secretário da Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, assinou nesta sexta-feira (31), convênio que irá transferir mais de R$ 8 milhões de verbas federais para a compra de helicóptero, que será usado especificamente na segurança da população. O convênio foi assinado também pelo secretário Nacional da Segurança Pública, Ricardo Brisolla Balestreri, e secretários de outros cinco estados, durante o 2.º Fórum Nacional de Aviação de Segurança Pública, realizado até sábado (1), em Florianópolis, Santa Catarina.

O repasse da verba do Governo Federal será destinado à compra de um helicóptero monoturbina leve, equipado para missões de segurança pública e defesa civil, principalmente para região de fronteira. “O policiamento que precisa ser feito na fronteira exige que o governo tenha aeronaves à disposição. Os crimes cometidos na região possuem dinâmica e velocidade muito grande, portanto é preciso um mecanismo como esse para que se possa acompanhar tudo de perto”, disse Delazari. Ele comentou que existem estudos do Governo Federal que mostram que uma aeronave pode fazer o trabalho equivalente ao de 35 viaturas em terra.

Entre as tarefas que poderão ser executadas pela aeronave estão auxílio nas operações de repressão ao contrabando e ao tráfico de drogas, vigilância e fiscalização do desmatamento e exploração ilegal de recursos naturais e, também, nas ações antissequestro, furtos, roubos e rebeliões em presídios. Na área de Defesa Civil, outras tarefas podem ser facilitadas com o uso da aeronave, como o auxílio nas operações de salvamento, aeromédico, busca e resgate, e combate a incêndios.

Além do Paraná, representantes de Santa Catarina, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Rio Grande do Sul também assinaram o convênio que possibilitará a compra de um helicóptero. O valor repassado é de R$ 8.272.461,08, conforme o Plano de Aplicação aprovado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça.

ENCONTRO – Para o secretário Nacional da Segurança Pública, Ricardo Balestreri, o fórum é fundamental para a consolidação das políticas tanto na área de busca e salvamento quanto na área de combate aos criminosos. “Desde 2008 estamos investindo bastante nessa área por conta de sua eficiência. Foram R$ 80 milhões no ano passado e para esse ano esperamos investir mais de R$ 100 milhões”, disse.

“A aquisição da aeronave irá agilizar as operações policiais por via aérea, já que a geografia e a extensa malha rodoviária do Paraná dificultam a fiscalização e demandam um grande número de policiais e veículos para prevenir e combater o crime organizado nas rodovias estaduais e federais no Estado do Paraná”, declarou Delazari.

O 2.° Fórum Nacional de Aviação de Segurança Pública ocorre entre os dias 31 de julho e 1.° de agosto, no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis, Santa Catarina. O evento acontece em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública – Senasp e o Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina.


Fonte : Agência de Notícias do Estado do Paraná


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

6 + catorze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários