Ser simples é complicado?

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

NÁDIA TEBICHERANE

Ouse ser simplesAgora, com o ano oficialmente começado, lá vamos nós ao nosso dia a dia intenso, sem tréguas, sem tempo.

Logo descobriremos que é Junho e a roda continua a girar impiedosa, ainda bem.
Que tal uma coisa diferente dessa vez?

Encontrar uma janela que dê para as coisas pequenas, simples e preciosas.

Caminhar pelas ruas sem pressa, olhar o mundo, comprar o jornal, a revista ou um bom livro, tomar um café enquanto lê, conversar com a pessoa que está ao seu lado…

Uma fugida sozinho, com seu amigo, com seu filho, com seu amor…

Uma respirada para oxigenar o espírito e revirar coisas e sentimentos antigos, renovar…

Eu sei que ser simples pode ser difícil, mas é tão elegante, bonito, gentil, leve…

E faz uma enorme diferença para a alma.

Sei que esse tempo só será possível se você quiser muito e às vezes a gente é tão acomodado…

Em tempo: somos muito acomodados.

Acomodados ao ritmo, aos modelos de vida, ao trabalho, à rotina viciante…

Sair por ai sem compromisso, só para dar uma olhada no outro lado da vida, vai doer.

E ainda falta combinar com o resto da população.

Mesmo assim, insisto.

Acredite que vai valer a pena cada momento que você passar com você mesmo e essas simples e fantásticas pequenas coisas que perdemos o hábito de valorizar.

Então, bom trabalho, boas escapulidas, boas saídas pela direita, boas caminhadas sem destino, boas risadas do nada, bons pousos em algumas praias desertas para um mergulho…

Brincadeira…

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários