Família de soldado alagoano morto em treinamento recebe indenização

Alagoas – Familiares do soldado alagoano Abinoão Soares de Oliveira, 34 anos, receberam, nesta quarta-feira (06), uma indenização de R$ 100 mil da Força Nacional (FN). Abinoão morreu afogado durante um treinamento de mergulho na lagoa de um condomínio situado no município de Cuiabá (MT), na manhã do dia 24 de abril do ano passado.

Momento do resgate do Sd PM Abinoão.
Momento do resgate do Sd PM Abinoão.

O atraso para a aquisição da quantia deu-se devido a várias documentações exigidas, com o intuito de comprovar a participação do soldado no curso de Tripulante Operacional Multimissão. De acordo com a advogada da família, Marcela Balieiro, a viúva, Shirley Tibúrcio, recebia uma pensão inferior a R$ 2 mil.

O Ministério Público Estadual (MPE) apresentou uma denúncia que acusa 29 militares de terem participação direta no crime.

Entenda o caso

O curso do qual o soldado participou como voluntário objetiva capacitar profissionais da segurança pública para atuar em aeronaves de resgate, busca e salvamento, combate a incêndio e ocorrências policiais.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), Abinoão encontrava-se à disposição da Força Nacional de Segurança desde o ano de 2007. Equipes do Corpo de Bombeiros (CB) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas ao local da ocorrência a fim de prestar os primeiros socorros.

Em seguida, o soldado foi conduzido ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá pelo helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), mas não resistiu e entrou em óbito.

Abinoão Soares de Oliveira tinha 34 anos e deixou esposa e três filhos, um de 9, outro de 11 e o mais velho de 15 anos. A família, toda alagoana, residia em Brasília desde 2007.

Fonte: Gazeta Web

1 COMENTÁRIO

  1. Se esse indecente valor fosse um salário vitalicio ainda seria pouco por uma valiosa vida. Penso como nossos heróis são pouco valorizados pelos governante, como diria um certo apresentador, “-Isso é uma vergonha”.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

3 × três =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários