- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Paraíba – O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) destinou R$ 97,4 mil para equipar uma aeronave do Corpo de Bombeiros e transformá-la em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea.

A UTI aérea fará o transporte de pacientes graves, captação de órgãos para transplantes e, em especial, atuará nos atendimentos de ocorrências envolvendo a pandemia da Covid-19, além de outros serviços emergenciais que irão beneficiar a população paraibana, complementando a rede de urgência e emergência.

Pacientes em estado grave serão transportados com maior rapidez aos hospitais de referência, devido à implantação do serviço de resgate aeromédico especializado. O projeto ‘Voo pela Vida’ é uma parceria entre o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMPB).

Os recursos são provenientes de multas trabalhistas aplicadas pela Justiça do Trabalho da Paraíba. Serão revertidos para aquisição de um kit aeromédico para instalação no avião Piper Saratoga PA-32R-301T do Corpo de Bombeiros, que vai receber adaptações para se tornar uma UTI aérea.

A aeronave foi adquirida por meio de parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atendendo pedido da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Governo do Estado da Paraíba. Ela servirá para as ações do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba.

De acordo com cálculos feitos pelo Corpo de Bombeiros, uma vítima socorrida em Cajazeiras demoraria, em média, quatro horas e 20 minutos para chegar em Campina Grande ou seis horas em João Pessoa, vindo num transporte terrestre. Mas, se o socorro acontecer via resgate aéreo, o trajeto até Campina será feito em menos de uma hora. Se vier para a Capital, o percurso será feito em uma hora e 15 minutos.

Sobre o kit Aeromédico

O kit de transporte aeromédico é certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e contém os seguintes materiais:

  • Estruturas Metálicas para adaptação (Treliça de suporte da maca, bastidor para alojamento do sistema de oxigênio e dos equipamentos médicos, engate traseiro para fixação da maca);
  • Maca de transporte com mastro de soro e colchão com certificado anti-chama para a espuma de PU e capa de couro.
  • Conjunto Cinto de segurança SCHROTH (Alemanha) com certificado TSO para aplicação em maca de transporte aeromédico.
  • Sistema de Oxigênio com dois cilindros de 1m³ e duas válvulas reguladoras.

Destinações Covid-19

O MPT já destinou em todo o País, desde o início da pandemia (de março a 15 de dezembro), mais de R$ 322 milhões para ações de combate e prevenção ao novo coronavírus, dos quais R$ 6,4 milhões na Paraíba (dados computados até 15/12).

Os valores foram resultados da atuação do MPT, garantidos por decisões da Justiça do Trabalho ou por acordos extrajudiciais (Termos de Ajuste de Conduta – TACs). Os recursos beneficiaram hospitais públicos, associações de saúde, universidades, instituições, Estado e municípios.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários