O governo do Estado de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros, realiza na próxima segunda-feira (6/5), a partir das 08 horas, um coquetel para comemorar os três anos de existência do Serviço Aeromédico. O evento vai ocorrer no hangar do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, onde vai acontecer uma simulação de atendimento.

Para comemorar o salvamento de várias vidas, a confraternização vai reunir profissionais do Corpo de Bombeiros, do Gabinete Militar, da Sesau, do Samu e demais entidades envolvidas com o serviço. De acordo com o Setor de Estatística do Samu Maceió, durante esse período de existência, os profissionais salvaram 446 pacientes.

Foram vítimas de vários tipos de acidentes, a exemplo de colisão em trânsito, transporte de pacientes graves para hospital mais equipado, transporte de pacientes para realizar exames complexos em hospitaisl fora de Maceió e transporte de bebês em estado grave.

História – O Serviço Aeromédico do Samu foi implantando, junto com o Corpo de Bombeiros e o Gabinete Militar em 2010, por iniciativa de um grupo de profissionais da Sesau, do Samu, do Corpo de Bombeiros e do Gabinete Militar, com total apoio do governador Teotônio Vilela Filho.

“Recentemente mudamos o hangar da aeronave para que o trabalho dos profissionais tenha mais êxito, porque fica num local estratégico”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas. O hangar foi transferido da Academia da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares e conta com um helicóptero moderno, modelo Esquilo 355 bi-turbina, totalmente equipado e adaptado para o socorro de pessoas em estado grave.

“O Samu Aeromédico é fundamental para que possamos salvar a vida de centenas de alagoanos e está à disposição da população de forma gratuita, via SUS [Sistema Único de Saúde]”, destacou o secretário Jorge Villas Bôas, acrescentando que poucos estados brasileiros dispõem desse serviço, que atente especificamente a urgências e emergências.

“Temos certeza que estamos oferecendo um serviço qualificado às vítimas graves que necessitam da remoção de locais de difícil acesso ou de longos percursos. Isso porque, ele atende com agilidade e segurança, amenizando as possíveis sequelas que poderão ocorrer”, destacou o gerente do Samu Maceió, Lucas Casado.

De acordo com o Setor de Estatística do Samu Maceió, em maio de 2010, quando o serviço foi oficializado, foram salvas 90 pessoas, em 2011 foram 143, em 2012 foram 165 e de janeiro a abril deste ano já foram 48. O serviço funciona das 7h às 17h, já a aeronave não funciona no período noturno.

Salvamento – No início de abril deste ano um recém-nascido foi transportado do Hospital de Penedo para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Coruripe. Várias equipes de médicos, enfermeiros, condutores socorristas e demais profissionais de saúde foram mobilizadas para salvara a criança. No dia 25 do mesmo mês, a mãe do bebê se encontrou com a equipe que realizou o transporte de seu filho e, emocionada, agradeceu o empenho dos profissionais.

Nestes três anos de atuação, o Samu Aeromédico salvou 446 vítimas, decorrentes de acidentes de trânsito, das enchentes de 2010 (principalmente dos municípios de Murici, Palmeira dos Índios, Rio Largo, Quebrangulo, Branquinha, Santana do Mundaú e União dos Palmares). Também transportou pacientes para outros estados, a exemplo de Pernambuco e Rio Grande do Norte, quando o caminhoneiro Glenio Wilder de Oliveira foi socorrido.

Estrutura – Além dos médicos especialistas e de enfermeiros, que realizaram cursos de capacitação para o serviço, a aeronave conta com uma equipe de tripulantes e mecânicos. O Aeromédico é considerado uma Unidade de Suporte Avançado, que corresponde a uma UTI Aérea. A abrangência do serviço da aeronave compreende as áreas das BRs 101, 104 e 316, além das ALs 101 Norte e Sul, 110, 115 e 220.

Fonte: Ascom / SAMU

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezoito + 7 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários