Vindo dos EUA, “Caveirão do Ar” aguarda liberação da ANAC para voar

O “Caveirão do Ar”, primeiro helicóptero totalmente blindado da Polícia Militar, chegou nesta sexta-feira (04/02) ao Grupamento Aéreo e Marítmo (GAM) de Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Vinda dos Estados Unidos, a aeronave aguarda a liberação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para começar a atuar em operações no estado do Rio.

"Caveirão do ar" chegou em Niterói na manhã desta sexta (4) (Foto: Thamine Leta/G1)

De acordo com o subcomandante do GAM, o tenente-coronel Miguel Ramos, a ANAC solicitou que os pilotos façam uma prova para que seja dada a licença ao “caveirão do ar”.

“Fizemos treinamento de 15 dias em Dallas, nos EUA, para aprender a teoria e a prática desse blindado. No entanto, a ANAC solicitou que fizéssemos uma prova para que possamos usar o helicóptero”, explicou.

O G1 tentou fotografar o interior do blindado, mas o GAM não permitiu que fossem feitas imagens. O helicóptero é um modelo Huey, da empresa americana Bell. O novo “caveirão do ar” é maior do que os helicópteros da frota atual da corporação e pode transportar até 13 tripulantes.

Anac exige prova dos pilotos que vão pilotar o helicóptero (Foto: Thamine Leta/G1)

Operações Noturnas

A aeronave suporta tiros de fuzil e outras munições. Segundo o tenente-coronel, o helicóptero além de ser blindado, pode fazer sobrevoos noturnos. “Podemos fazer operações noturnas porque o helicóptero tem um sistema de iluminação próprio para isso”, explicou.

O helicóptero é parecido com o modelo adquirido pela Polícia Civil, mas foi adaptado para atender às necessidades da corporação. Quatro pilotos participaram do treinamento nos Estados Unidos. Segundo o tenente-coronel, a aeronave pode voar até 3h seguidas. Com a compra desse blindado, a Polícia Militar possui quatro helicópteros e dois aviões.


Nota do site :

Segundo informações do portal R7, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou nesta sexta-feira (4) a autorização para o voo do novo helicóptero blindado comprado pela Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro e incorporado à frota da Polícia Militar.


Fonte: G1, por Thamine Leta.


7 COMENTÁRIOS

  1. Ddescobri o verdadeiro sentido da sigla ANAC:
    Além de
    Não
    Ajudar,
    Complica.

    Não é a primeira vez que eles nos obrigam a fazer provas e novos treinamentos, mesmo a gente tendo passado pelo Ground School na fábrica da acft e realizado os voos de treinamento e check na academia do fabricante da aerovave…
    Como diria o Casoy: “Isto é uma vergonha…”

    O pior é que eles têm o poder e, há qualquer momento, podem “colocar o dedo no suspiro”, prejudicando toda a aviação de SegP…

  2. Nota do site :

    Segundo informações do portal R7, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou nesta sexta-feira (4) a autorização para o voo do novo helicóptero blindado comprado pela Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro e incorporado à frota da Polícia Militar.

  3. Além de Não Ajudar Complica

    Pena que a ANAC seja tão desororganizada assim. Em cada SERAC, ou GER, ou seja lá o nome que tenha agora, os técnicos exigem as coisas ao seu modo.
    Mesmo com a legislação que ampara que os ground school realizados em Centro de Treinamento dispensam nova prova, muitos SERAC/GER continuam não aceitando e pedindo novos exames.
    Neste caso do GAM é uma lástima! Será que a FAA é menos exigente que a ANAC e a aviação dos EEUU é pior que a nossa?

    Saudaçõs aos amigos do GAM!
    Parabéns pelo excelente equipamento!

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dez − cinco =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários