BAvOp apoia BPCães na prisão de assaltantes e resgata policiais

Brasília – No dia  13/01, os policiais do BPCães comemoram a captura de dois criminosos que assaltaram um carteiro na quadra 2 de Sobradinho e se homiziaram em um matagal na DF-001, próximo à entrada da Vila Basevi. Todavia é relevante salientar que essa comemoração só foi possível graças à ação imediata do BAvOp, caso contrário, o que seria motivo de festejo se transformaria em uma grande frustração.

Após o acionamento do helicóptero pelas equipes do Águia do 13º BPM, a guarnição do Fênix sobrevoava o matagal do Parque Nacional na tentativa de capturar um dos indivíduos autores do roubo, ao mesmo tempo em que desembarcava alguns policiais do Batalhão de Sobradinho em áreas descampadas para realizarem patrulhas à pé, tal como fez o SGT Edson Damasceno. Foi empenhada cerca de uma hora de busca sem sucesso, quando então chegou a guarnição do BPCães, cujos cachorros possuem aptidão aguçada para o resgate de criminosos em área de difícil acesso.

Quando soltos, os cães embrenharam entre as árvores e cerca de alguns minutos encontraram os suspeitos. Contudo, como o caminho percorrido pelos animais não obedeciam trilhas pré-definidas, os policiais do BPCães que os acompanhavam viram-se, após a prisão dos criminosos, cercados por vales e morros íngremes sem nem mesmo possibilidade de visibilidade quanto às rotas de saída.

Com o passar do tempo a escuridão foi aumentando, juntamente com o desgaste físico e mental dos militares, já que empreenderam uma intensa captura com subidas e corridas aturadas dentro do capão. Assim foi tentado por diversas maneiras realizar o resgate dos policiais, mas a vegetação fechada e a falta de iluminação dificultavam cada vez mais as esperanças de saída, cogitando-se inclusive o pernoite na região.

Então, uma decisão ousada dos militares do BAvOp decidiria de vez o sucesso da missão: o resgate através da técnica do “MacGuire” entre a mata. Após muita tensão e concentração, o que se notava dentro do helicóptero era a concretização de anos de treinamento e aperfeiçoamento de toda a tripulação, revelando mais uma vez, que os policiais do BAvOp ultrapassam elogios de profissionalismo e dedicação à atividade, sendo merecedores do louvor de todos envolvidos na ocorrência.

Compunham a guarnição do helicóptero o CAP Fernando Ramos, 1º TEN Hugo Leornardo, CB M. Aurélio, CB Araújo e SD Frank. Os integrantes do BPcães: Sargento E.Ferreira e Cabos Tranqueira, Rubens, Valfredo e Costa Freitas.

7 COMENTÁRIOS

  1. Congratulaçōes às equipes do BAvOp, do Batalhão de Sobradinho e do BPCães pela bravura e dedicação. Parabéns ainda pela excelente coordenação que resultou no sucesso no cumprimento desta difícil missão. Sempre destaco em minhas apresentações dos sistemas Flir e nos treinamentos ministrados aos operadores a importância do trabalho coordenado para aumentar a segurança das equipes da aeronave e de solo, assim como aumentar as chances de sucesso no cumprimento da missão. A PMDF nos brinda com um excelente exemplo de maturidade.

  2. Parabéns a todos os policiais que participaram dessa ocorrência, demonstrando um grande profissionalismos das diversas unidades da PMDF envolvidas.

    Fui o responsável por relatar o flagrante decorrente dessa prisão, que permitiu tirar de circulação esses dois indivíduos que já efetuaram diversos roubos a carteiros na região.

  3. Aos queridos aviadores-irmãos que tenho no BAVOP/PMDF, meus mais sinceros votos de que continuem a voar e brilhar, prestando um serviço de excelência para a população do Distrito Federal!

    Foi uma honra ter voado com vocês em 2010!

    Abraço a todos!!

    Cmte Rodrigo Duton – MAJ PMERJ
    Grupamento Aéreo e Marítimo (GAM)

  4. Parabéns pelo exito da operação, mais uma vez demonstrando a importância do vetor aéreo, com participação direta.
    Igualmente saúdo a qualidade do “BAVOP News”, com informações atuais.
    Caso seja possível, solicito a disponibilidade dos quatro números anteriores através do “nosso sítio”.
    Um abraço.

  5. Parabéns ao BAvOp, e a toda equipe envolvida nesta missão bem sucedida, graças aos recursos humanos, materiais, dedicação e proficiência.

  6. Sem dúvida essa ocorrência ficou na memória dos envolvidos. Sempre que perguntados sobre as ações que marcaram suas carreiras no BPCães, eles citam esse fato.

    E o que vejo é que esse laço entre as unidades está se estreitando sempre mais. Exemplo disso é a demonstração feita na abertura do torneio de saltos do RPMOn, onde pudemos fazer uma descida de rapel do Fênix, conduzindo o cão Malinois Killer.

    Grande perto de mãos aéreo a todos que aqui acessam!

    SGT ALAN BPCÃES

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

5 − quatro =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários