Polícia Nacional da Filipinas inicia operação com seus helicópteros

A Polícia Nacional das Filipinas (PNP) inicia o emprego de helicópteros com capacidade de voo noturno para impulsionar seus esforços de combate à criminalidade especialmente na área metropolitana da capital Manila.

O Secretário da Administração Local e do Interior, Robredo Jesse disse que a capacidade tática da aeronave se traduzira em uma maior vantagem operacional no combate a criminalidade, segurança pública e missões policiais.

O porta-voz da PNP, Superintendente Chefe Agrimero Cruz Jr. disse que os helicópteros da polícia prestarão funções de comando e controle operacional para coordenar as unidades terrestres em operações policiais, especialmente em situações de cerco e perseguições.

Robredo inaugurou oficialmente em 08/03/11 a “Unidade Aérea” durante uma cerimônia simples, na sede da PNP em Camp Crame.

O chefe da DILG disse que a PNP operacionalizou o apoio aéreo tático para as operações policiais para aumentar a capacidade de combate ao crime realizado pelas unidades policiais.

Ele disse que a principal missão da “Unidade Aérea” é a realização patrulhamento aéreo de combate ao crime e patrulhamento preventivo na área metropolitana de Manila e regiões vizinhas, no apoio das unidades terrestres.

“A Unidade Aérea irá realizar patrulhamentos aéreos, bem como monitorar incidentes, apoio preventivo, segurança e informação em tempo real para as unidades de terra da PNP operando na região metropolitana de Manila e as regiões vizinhas”, disse Robredo.

A Unidade Aérea é formada por efetivo da Força de Ação Especial de PNP (PNP-SAF), que, quando em serviço de patrulhamento aéreo, vai se reportar a duas unidades da PNP com base em Camp Bagong Diwa em Taguig e Camp Crame, em Quezon City .

Estará sob o controle direto do Centro Nacional de Operações (NOC) da PNP e o Centro Regional de Operações Táticas e Centro de Inteligência (RTOIC) da Região da Capital Nacional de Polícia (NCRPO). Ambos irão fornecer as funções de comando e controle para a Unidade Aérea, respectivamente.

Três aeronaves Robinson R-44 “Raven”, comissionadas oficialmente como helicópteros da polícia em 2010, serão a espinha dorsal da Unidade Aérea.

Os três aeronaves Robinson R44 Raven II foram adquiridas pela PNP em seu programa de melhoramento em 2008 pelo valor de P104.9 milhões.

Os equipamentos das aeronaves incluem um farol de busca de 500 watts de xenônio, sistema de imageamento infravermelho, monitor e controlador de áudio duplo para rádios policiais.

“Estas aeronaves fazem parte da frota da unidade aérea da PNP-SAF. Como uma aeronave multi-função, os helicópteros policiais também podem fornecer apoio tático para a supressão de fogo, reconhecimento aéreo e de transporte aéreo de tropas para o teatro de operações”, disse Cruz.

O helicóptero da polícia é capaz de voar durante três horas, em uma velocidade de cruzeiro de 130 km/h e alcance de 300 milhas.


Fonte: PhilStar.com


1 COMENTÁRIO

  1. Tive a oportunidade, e o prazer, de operar R44 semelhante (farol , Flir, etc.) , durante 03 anos. Excelente máquina, satisfazendo , plenamente, a demanda da missão policial de natureza monitoramento aéreo, seja dia ou noite.
    Excelente relação custoXbenefício.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

doze − onze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários