Sorriso deverá receber a primeira unidade do Ciopaer fora de Cuiabá

Mato Grosso – Sorriso contará com um Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). A unidade será a primeira fora de Cuiabá, e atuará diretamente na cobertura de operações policiais, resgate e salvamento, além do combate a incêndios florestais. A estrutura será edificada no Aeroporto Regional de Sorriso.

“Estamos trabalhando há anos na busca dessa descentralização da segurança no que se refere às questões aéreas. Agora, com o apoio do governador Pedro Taques e do secretário de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso, Mauro Zaque, conseguimos que uma estrutura viesse para Sorriso, atendendo o médio norte e o norte do Estado”, explica o vice-prefeito de Sorriso, Éderson Dal Molin.

normal_aeroporto

Em vista a Sorriso, o coronel Vladimir Zanca, piloto do Cioper, verificou o projeto macro do Aeroporto Regional de Sorriso, e conferiu de perto a estrutura que será oferecida. “Solicitamos que fosse feito o projeto de um hangar no aeroporto do município para atender as operações de segurança pública realizadas pelo Centro. Hoje vimos o projeto, que está em fase de finalização, e sugerimos algumas adequações para melhor atender às nossas necessidades”, declara Zanca.

O Ciopaer atua de forma integrada com as forças da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, em todo Estado de Mato Grosso. Para atender a demanda do norte e médio norte do Estado, a entidade contará com dois aviões de combate a incêndios, um helicóptero e um avião de menor porte. “A Administração Municipal nos procurou oferecendo uma parceria para que o Centro pudesse se instalar aqui. Diante de estudos, e das facilidades oferecidas pelo Poder Executivo, estamos firmando esta parceria, e em breve teremos nossa unidade instalada aqui”, afirma Vladimir Zanca.

Para que a instalação seja possível, a Prefeitura de Sorriso está oferecendo a parte estrutural, que contará com o apoio do Estado. De acordo com o projeto elaborado pela equipe de engenharia da Prefeitura, o hangar de segurança deverá contar com aproximadamente 1.400 m² contendo salas administrativas, sala de rádio, depósito de materiais, refeitório, entre outros.

No projeto do Aeroporto Regional de Sorriso está prevista, ainda, a construção de uma estrutura de garagem de aproximadamente 550m², para abrigar os caminhões e carros de combate a incêndio florestal. O projeto prevê ainda um hangar, com 729,40m², onde funcionará o Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndios em Aeródromos Civis (SESCINC), que visa realizar operações de salvamento e combate a incêndio em situações de acidentes aeronáuticos nas proximidades do aeroporto, e atender aos critérios regulatórios estabelecidos na legislação da Infraero.

“Neste ano ainda o município, em parceria com o Estado, irá construir a estrutura necessária para que todo esse aparato venha atender Sorriso e região. Em minha opinião, este é o projeto mais importante desenvolvido pelo Estado na área de segurança. Sorriso foi escolhido para ser o primeiro município para instalar o Ciopaer, e quem ganha com isso será toda a região norte e médio norte de Mato Grosso”, comemora Ederson Dal Molin.

O Centro Integrado de Operações Aéreas conta em seus quadros com oficiais da Polícia Militar, oficiais do Corpo de Bombeiros Militar e de investigadores e delegados da Policia Judiciária Civil.

Fonte: Prefeitura de Sorriso, por Bianca Arruda.

Foto: Tiago da Luz

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezessete − doze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários