Águia participa de festa com crianças em escola municipal

A Polícia Militar de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, utilizou o helicóptero Águia e um efetivo formado por cerca de 60 policiais para participar da distribuição de ovos de Páscoa para 240 alunos da escola municipal Jandira Caetano Ribeiro, com idades entre 0 e 5 anos. A aeronave pousou em uma área nos fundos da unidade escolar – situada no Núcleo da Esperança, no bairro Bela Vista -, às 15h20 e permaneceu no local até as 16h08.

pascoariopretoPara as crianças, o pouso e a decolagem foram o ponto alto da festa, tirando gritos e aplausos dos pequenos. “Eu vou ser polícia quando crescer. Estou feliz com meu ovo”, disse João Pedro Souza, de 5 anos. A ação contou com policiais da 1ª Companhia da PM, da Força Tática e da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam). Estiveram no local nove motos, uma base comunitária, dez viaturas, sendo quatro caminhonetes da Força Tática, uma do canil e cinco carros, além de um cão farejador da raça Pastor Belga.

Os ovos de chocolate foram arrecadados pela PM por meio de doação de um shopping, uma universidade e uma escola particular. Intitulada “Festa da Partilha”, a confraternização aconteceu anteontem e ontem, com distribuição de pipoca, cachorroquente e refrigerante. De acordo com a diretora da escola Silvia Letícia da Silveira Neves, a festa foi feita através de doação dos pais e de recursos da escola.

“A ideia inicial era uma festa da partilha para ensinar as crianças conceitos de partilha, solidariedade, respeito. Para isso enolvemos a comunidade e algumas mães doaram a mão de obra. Depois que a policia comunitária se envolveu, conseguindo a doação dos ovos, conseguimos uma linda festa”, afirmou.

O major Luiz Roberto de Oliveira Vicente disse que para a participação do Águia contou com a autorização do comandante da Polícia Militar na região, o coronel Azor Lopes da Silva Júnior. “Hoje abrimos uma exceção, pois sabiamos do desejo das crianças em ver o helicóptero de perto. O objetivo é colocar em prática a polícia comunitária, primando não só pelo aspecto da segurança como também do bem-estar”.

O coronel Azor informou que o Águia estava em patrulhamento de rotina e que autorizou o pouso para que a equipe participasse da ação na escola. “ uma ação social da Polícia Militar”. O coronel não informou o custo de uma hora de operação do Águia.

Fonte: DiárioWeb.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns à toda força policial envolvida nesta ação social. Em meio à tantas informações negativas e atitudes deploráveis (ou a falta delas pelo país..), prover, mesmo que por algumas horas, a perspectiva de uma vida melhor e digna para estas pessoas, torna, com certeza, imensurável o benefício que uma ação dessas traz. Portanto, NÃO foi à toa, que neste momento, o Sr Cel PM Azor “não divulgou o custo de uma hora de operação do Águia”…

    Álvaro
    Trip.Op. BRPAe-ARA

Escreva um comentário

quatro + 6 =

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários