- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

LUIZ ALVES JUNIOR
Coronel Ref. da Polícia Militar de São Paulo – Autor

OSVALDO AMÉRICO CASTRIGNANO OLIVEIRA
Médico – Orientador da Monografia  (In memoriam)

Esse trabalho monográfico foi apresentado em 1996 pelo então Capitão PM Luiz Alves Júnior do Grupamento de Radiopatrulha Aérea da PMESP. Essa monografia de conclusão do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO-II/96) da Polícia Militar de São Paulo foi o primeiro trabalho realizado sobre o resgate aeromédico na PM. Um trabalho inovador e que foi responsável pela criação de muitos conceitos e formas de operação.

Esse estudo foi e ainda é muito utilizado como referência bibliográfica, pois conta a história dessa atividade. Um trabalho de 1996 que completou 21 anos e ainda permanece como um tema atual e em desenvolvimento. Ainda se discute esse tema em simpósios e seminários e há muito o que fazer. Confira!

Águia em aproximação na Av 23 de Maio para resgate de vítima de acidente de trânsito. O Cmt da Aeronave era o Cel Ref PM Luiz Alves Júnior
Nessa foto histórica, o Águia realiza aproximação na Av 23 de Maio para resgate de vítima de acidente de trânsito. Luiz Alvez Júnior estava no comando do helicóptero.

RESUMO

O Serviço de Resgate Aeromédico desenvolvido atualmente pelo Grupamento de Radiopatrulha Aérea, apresenta um elevado grau de qualificação técnica e profissional demonstrado pelos vários serviços prestados a comunidade em calamidades públicas, acidentes de grandes proporções.

Apesar de todo o sucesso conseguido no desenvolvimento da atividade aeromédica existem ainda alguns problemas que requerem atenção imediata.  Algumas limitações encontradas pelo GRPAe para a utilização de todo potencial operacional disponível do serviço de atendimentos feito pelo Resgate, motivaram este estudo e reflexões.

O  resultado da tese é o Desenvolvimento Operacional, aproveitando a disponibilidade de meios existentes, associados a uma nova técnica na relação com os “Problemas Domésticos”, que dificultam o melhor funcionamento do serviço de Resgate Aeromédico na Capital e no Estado.

A busca da integração entre o GRPAe, Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Saúde, visando aprimorar o serviço de Resgate é o tema central deste trabalho. Desde a sua implantação o reconhecimento social de seu valor, acha-se traduzido nas milhares de operações realizadas com sucesso, que institui um atendimento humanitário nos diversos níveis das camadas sociais.

Com amparo legal, fundamentação doutrinária e uma boa administração, fica demonstrado que é perfeitamente viável aumentar as atividades de Resgate Aeromédico pelo GRPAe, como mais uma alternativa para ações de Suporte Avançado de Vida-Aéreo.

Os resultados obtidos pelas entrevistas informais, realizadas com os Oficiais (Pilotos e Copilotos), Tripulantes Operacionais, Médicos e Socorristas do GRPAe (amostra de diferentes atividades desempenhadas a bordo da aeronave), demonstram ser oportuna e viável  a elaboração de um trabalho que aborde os considerados “Problemas Domésticos” sobre o Resgate Aeromédico, a partir de diretrizes já traçadas pelo Comando Geral.

As propostas apresentadas neste trabalho não têm como objetivo reinventar o que já existe, mas apontar os problemas, propor soluções e elaborar um resumo técnico e científico que possa nortear novos caminhos a serem seguidos.  Propõe ainda, melhor capacitação  dos  Policiais  Militares para ações conjuntas de  Resgate  Aeromédico,  mediante  programa de instrução coordenado pelo GRPAe através  da implantação da matéria de Radiopatrulhamento Aéreo no currículo da APMBB, nas escolas de formação de soldados, centros de aperfeiçoamento e instrução da Polícia Militar.

O objetivo principal desta instrução seria proporcionar aos Policiais Militares as informações necessárias e treinamento básico, das operações com aeronaves, suas limitações e possibilidades para o atendimento das ocorrências do dia a dia.

- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

  1. Impecável esse trabalho, elaborado pelo Mestre Luiz Alves com quem tive a honra de voar como copiloto…..indico a leitura, pois, o conteúdo continua atual e relevante, parece que ele tinha uma bola de cristal.
    Parabéns
    Bons voos, com boa gestão!

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários

comentários