BOA/SC socorre vítima de acidente com hélice de lancha, em Florianópolis

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Uma turista de Curitiba teve o braço severamente ferido em um acidente com a hélice da lancha na qual passeava com amigos em Canasvieiras, no Norte da Ilha de Santa Catarina, por volta das 17h30 deste domingo. A lancha teria se aproximado da faixa de areia de ré e, ao descer, a jovem foi atingida pela hélice ainda em movimento.

Os primeiros socorros à vítima, Fernanda Karina Gumz, de 21 anos, foram prestados pelos guarda-vidas da praia, com auxílio do bote de um civil. A equipe Arcanjo do Corpo de Bombeiros aterrisou no local e prestou atendimento na UTI móvel.

Segundo o tenente Túlio, piloto do Arcanjo, a jovem teve o antebraço fraturado, com ruptura dos tecidos muscular e nervoso. Ela estava consciente e recebeu medicação contra a dor antes de ser encaminhada para o hospital Celso Ramos. De acordo com o tenente, o hospital tem a equipe mais especializada para reconstituir o membro ferido.

Embarcações de porte médio a grande, como era o caso da lancha em questão, devem atracar a 300 metros da praia e contar com botes para o transporte dos passageiros, de acordo com o tenente Túlio.

Fernanda Karina Gumz, de 21 anos, entrou em cirurgia por volta das 21h no Hospital Celso Ramos e até 23h30min ainda estava sendo operada. Segundo informações do centro cirúrgico, o procedimento é demorado.

A turista, de Curitiba, saiu da lancha que se aproximava da praia de ré e foi atingida pela hélice, ainda em movimento. Após receber primeiros socorros dos guarda-vidas da praia, ela foi atendida pela equipe do Arcanjo na UTI móvel e levada de helicóptero até a Beira-Mar Norte, de onde seguiu de ambulância para o hospital.

Fonte: Diário Catarinense

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários