CBM/DF vai comprar aviões para combater incêndios

Para o período de seca do ano que vem, o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal vai contar com dois novos reforços no combate aos incêndios que se multiplicam com a estiagem. Dois aviões-tanque serão adquiridos pela corporação, que, para conter o fogo que consome parte do Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral, precisou alugar aeronaves de Tocantins.

O capitão Helon Florindo, do 2° Esquadrão de Aviação Operacional, explica que a compra ainda está sendo finalizada, pois depende de parecer da Procuradoria do DF. “Fizemos uma seleção entre todas as empresas do mundo que fabricam esse tipo de avião e fomos atrás do que tivesse o melhor desempenho para o DF”, explica. Segundo ele, uma empresa canadense vai produzir as aeronaves para a capital federal, do mesmo tipo das alugadas para combater o incêndio do parque. “Só que são mais modernas”, avalia.

A corporação vai desembolsar pouco mais de R$ 7 milhões para a compra dos aviões, modelo Air Tractor. Cada um tem capacidade para transportar 3.100 litros d’água. “Acredito que, em 10 dias, vamos conseguir finalizar a compra”, diz Florindo. Uma das aeronaves deve chegar no fim deste ano e a outra em 2011. “Comprar avião não é como carro, que é pronta entrega”.

Um caminhão do Corpo de Bombeiros tem capacidade para 3 mil litros, quase a mesma do avião. O assessor de aviação da Secretaria de Segurança Pública, coronel Paulo Fernandes, acredita que as aquisições vão agilizar o combate ao fogo no DF. “Esse tipo de avião permite o lançamento de água de forma gradativa, ou seja, o piloto pode dosar o quanto ele quer que caia”, explica.


Fonte: Correio Braziliense via Blog Desastresaereosnews / Fotos: AirTractor


1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezenove + doze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários