- Anúncio -

Santa Catarina – Na tarde de quinta-feria (07), equipe do Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico (SARA) e do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAER-Fron) da Polícia Civil foi acionado para atendimento aeromédico no distrito de Marechal Bormann, em Chapecó.

Segundo o médico responsável pelo atendimento, Dr. Robson Souza, um homem de 76 anos de idade, apresentava extenso ferimento abdominal, causado por agressão de animal (boi), sendo rapidamente atendida no local pela equipe.

Após atendimento primário e estabilização clínica, a vítima foi transferida para o Hospital Regional de Chapecó. O transporte aeromédico foi efetuado em apenas 6 minutos. A Coordenação do SAER-Fron ressaltou que o Sistema GPS-RURAL foi de extrema importância para redução do tempo resposta no atendimento da ocorrência.

No Programa GPS-RURAL, as propriedades são cadastradas e recebem um número que, com base no sistema desenvolvido, fornece com exatidão a localização da propriedade. Dentre os principais objetivos deste mapeamento, estão a agilidade no atendimento a ocorrências policiais, de saúde e outras emergências, além de referenciar comunidades e possíveis pontos turísticos ou de interesse.

Os dados são disponibilizados apenas para entidades cadastradas, como Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Em Santa Catarina, o sistema de GPS Rural já foi implantado em Chapecó. O município de Saudades foi o segundo no estado a ter disponível esta tecnologia.

Equipe do SAER/SARA da Polícia Civil foi acionada para atendimento aeromédico de senhor de 76 anos atacado por um boi em Chapecó, SC. Foto: Divulgação
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários