Cuidados ambientais marcam expansão da Helibras em Itajubá

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Obras de terraplenagem da área onde será produzido o EC725 para as Forças Armadas teve início com retirada de grama, que será replantada.

As atividades de terraplenagem da área que abrigará as obras de expansão da fábrica da Helibras em Itajubá – MG, já estão sendo realizadas pela construtora Martins e Carvalho, de Itajubá, cercadas de cuidados ambientais. “Na primeira etapa dos trabalhos, serão retiradas toda a grama, algumas árvores e uma camada de 30 centímetros do terreno, para eliminação de todo o material orgânico” conta Carlos Moraes, gerente de Desenvolvimento Industrial da Helibras.

Ele explica que uma parte da grama será replantada na própria empresa e a outra, foi doada com essa mesma finalidade a instituições da cidade, como o 4° Batalhão de Engenharia e Combate do Exército, localizado em Itajubá. “Trata-se de um projeto totalmente limpo e integrado aos conceitos de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, pois prevê, entre outras inovações, a reutilização das águas pluviais, a integração com a atual estação de tratamento de efluentes, o melhor aproveitamento da iluminação direta e o uso da energia solar” complementa Eduardo Mauad, vice-presidente e diretor de Operações da empresa.

Na segunda etapa do trabalho de terraplenagem, 12 mil caminhões de terra serão colocados para nivelamento do terreno no nível da planta atual. Ao todo, serão movimentados 77 mil m³ de terra, em 70 dias. Paralelamente à terraplenagem, a área receberá obras de drenagem, para escoamento e tratamento de todo o esgoto doméstico e industrial da nova fábrica e para captação de águas pluviais.

Os trabalhos de construção da nova fábrica da Helibras deverão estar totalmente concluídos até o final de 2012.

Números:

– A área do terreno onde será construída a nova fábrica é de 12 mil m²;
– A área construída será de 11 mil m²;
– O volume de terra que será movimentado com a obra será de 77 mil m³, o que vai requerer 12 mil viagens de caminhão;
– 51 trabalhadores diretos estão sendo empregados para a fase de terraplenagem do terreno;
– 21 máquinas e caminhões estarão trabalhando no local
– 70 dias é o prazo para conclusão da terraplenagem e drenagem da área.


Fonte: Convergência Comunicação Estratégica


- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários