FAB vai ser parceira da PF e Vant finalmente sairá do chão

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

O superintendente Regional da PF (Polícia Federal) no Paraná, o delegado José Alberto Iegas, afirmou durante visita à Delegacia Regional da PF em Cascavel que o Vant (Veículo Aéreo Não Tripulado), que está sob a responsabilidade da PF na base em São Miguel do Iguaçu, começará a operar ainda em 2012.

O equipamento de tecnologia israelense que custou R$ 8 milhões à União e que foi apresentado oficialmente há um ano, mas que nunca foi visto em operação de controle e monitoramento da fronteira, não será entregue à FAB (Força Aérea Brasileira), mas será utilizado em parceria com essa e outras instituições estaduais e federais da área de segurança pública.

Iegas afirmou que todos os ajustes foram feitos. Isso inclui um dos principais problemas do projeto que se referia a questões contratuais de manutenção da aeronave.

Em fase de recomposição interna depois da greve, o que se espera agora é uma oxigenação da PF em toda a região. Ela só será possível com as novas contratações de efetivo que estão em andamento referentes a um concurso público. “Esperamos que ainda neste ano, no máximo no início do próximo, estejamos com mais profissionais nas delegacias da PF de Guaíra, Foz do Iguaçu e Cascavel”, destacou.

Esse reordenamento vai ganhar ainda mais fôlego com um convênio que promete ser assinado na próxima semana em Foz do Iguaçu envolvendo a Itaipu Binacional e a diretoria-geral da PF e o Nepom (Núcleo Especial de Polícia Marítima).

O objetivo é monitorar de forma conjunta o lado que separa o Brasil com o Paraguai. Ele é o principal meio de logística utilizado por contrabandistas e traficantes.

“Infelizmente, o crime é muito dinâmico. Ele tem uma agilidade que muitas vezes o Estado não tem, mas algumas coisas estão sendo feitas. Estamos preocupados e atentos. As notícias são boas e acredito que no primeiro semestre do ano que vem muita coisa vai mudar”, destacou.

Fonte: O Paraná

- Anúncio -

3 COMENTÁRIOS

  1. Muitas vezes o planejamento inicial não dá certo, mas ficar parado lamentando não vai resolver. A parceria é uma solução positiva e dentro da gestão participativa, quem sai ganhando é a sociedade que vê a aplicação do seu investimento.
    Parabéns pela iniciativa e pelo bom exemplo de gestão!
    Cap Baracho
    GRPAe/SP

  2. Prezados, como diz o velho ditado ” A união faz a força”, devemos nos desprender de vaidades e juntos combater o crime organizado, que alguns teimam em dizer que não tem organização. Mas as nossas autoridades federais poderiam olhar melhor os fabricantes de VANT nacionais, por enquanto utilizando equipamentos nacionais temos apenas o Corpo de Fuzileiros Navais e em breve a PMBA. Arlindo Bastos. Comando de Operações da PMBA.

  3. E pra frente que se anda vejam o exemplo do estado de israel onde o crime e ou a defesa não tem dono ou rotulo e um dever e um esforço de todos isso os torna invenciveis. juntemonos ou o terrorismo com rotulo de crime nos vencerá. caveiraaa.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários