GRAer/AM: Amazonas prepara pilotos

O Governo do Estado está investindo na formação de pilotos para o Grupamento Aéreo da Segurança Pública (Graer). Sete alunos do curso de piloto de helicóptero da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) estão próximos de receber a licença para voar da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Supervisionados por profissionais da Força Nacional de Segurança, os policiais do Graer já vêm atuando em várias operações de combate à criminalidade, além de ações ambientais e humanitárias. De acordo com o secretário de Segurança, Geraldo Scarpellini, essa fase é necessária para que os futuros pilotos alcancem 100 horas de voo e o reconhecimento da autoridade da aviação.

No ano passado esses profissionais das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros ficaram sete meses em treinamento na Edra Aeronáutica, uma das melhores escolas de pilotagem do país, localizada no município de Ipeúna, em São Paulo. O grupo voltou com o Certificado de Habilitação Técnica (CHT) expedido pela Anac e aptos a atuar como co-pilotos.

Dois experientes pilotos da Força Nacional de Segurança estão em Manaus desde o início do ano pilotando as aeronaves do Graer, sob responsabilidade da Polícia Militar, e ajudando os futuros pilotos a conquistar a licença de vôo.

Contando hoje com três helicópteros, o grupamento aéreo foi criado em 2008 para reforçar as ações contra a criminalidade no Estado. Além disso, tem atuado também em atividades humanitárias, como o transporte de mantimentos para população ribeirinha isolada pela seca histórica. Segundo o comandante Flávio Portela, oficial do Corpo de Bombeiros de Brasília, o Graer tem apoiado ainda as ações do Batalhão de Policiamento Ambiental. “Ajudamos no resgate de animais, como peixes-bois, e nas operações de combate as queimadas e garimpo ilegal, no Sul do Amazonas”, observa.

Segundo o policial civil Ralf Kanitz, a formação desses pilotos é pioneira e traz um avanço inédito para o sistema de segurança pública do Amazonas e abre oportunidade para a qualificação do efetivo local, em uma área de atuação restrita. “Já temos a certificação de co-piloto e agora vamos acumular a experiência de vôo exigida pela Anac para ter a licença de piloto privado”, disse.


Fonte : AGECOM/AM


5 COMENTÁRIOS

  1. Parabens aos amigos do Amazonas. Tive a ortunidade de conhecer todos os co-pilotos, e sou grato por ser amigos de todos eles.

    Um grande abraço e sucesso na missão!

  2. Parabéns aos Amazonenses !
    Fico feliz por ter ajudado no início desta formação, lá nos bancos escolares, curso teórico !!!
    E também muito contente pela continuidade do curso !!!

    Abraços.

  3. Sou amazonense, mas até agora não vi nenhumn benefício desse Helicóptero para nossa segurança.
    Ou seja, é um mais um ”’ego”’ para as policias.
    Um absurdo, são pilantras q morrem de RIR, com esse tal grupamento GRAER-AM, rsrrsrrsr

  4. Parabens aos amigos do Amazonas, sei da luta de vcs, pois estivemos por um tempo junto na Edra, digo tambem que tudo na avição depende de tempo, sobre comentários como dessa pessoa que se identifica como MANAURA, sei tambem que em pouco tempo a Sociedade do Amazonas reconhecera os valorosos homens que estarão formando este grupamento…..e digo mais podem ficar tranquilos que este tipo de comentario vem de pessoas que com certeza queriam estar no lugar de vcs…..ou seja como sempre diz um Grande amigo e Cmt nosso o Maj Ricardo Mendes: ””Se helicoptero tivesse Xereca, com certeza dava morte”” abraços a todos.

  5. Esse autodenominado Manauara realmente postou mentiras recheadas de inveja, isso sim. Já abri várias páginas de jornais onde o GRAER estava em operações, rebeliões e outras. Ou seja, esse Manauara quer atingir a quem, realmente?
    Um detalhe: o artigo está bonitinho, a resenha foi bem feita, mas ainda não entendi: o que tem esse secretário de segurança a ver? Nos jornais, quem aparece como responsável pelos helicópteros é a PM, não a SESEG. Agora que o filho nasceu e ficou bonito, todos querem ser o pai…

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

4 × 3 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários