GRPAe/SP: Anúncio de aquisição de novas aeronaves e planejamento de nova base

O Comando de Policiamento de Área Metropolitano (CPA/M-12), deverá receber duas unidades do Grupamento de Radiopatrulha Aérea, dos helicópteros Águia, para reforçar o policiamento no Alto Tietê. Além disso, tropas especiais do Batalhão de Choque – composto pela Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), cavalaria e Grupo de Operações Especiais (GOE) e Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) – deverão vir com mais frequência à região para ações especiais, as demais viaturas de ronda circularão com câmeras de monitoramento e geoprocessamento (GPS) para auxiliar na captura de suspeitos de crimes, inclusive em mata fechada.

O anúncio do “banho de tecnologia” a ser dado nos batalhões da Polícia Militar do Alto Tietê foi feito ontem pelo comandante-geral da corporação, coronel Álvaro Batista Camilo. De acordo com oficial, durante audiência pública no Centro Municipal de Formação Pedagógica (Cemforpe), o governo do Estado irá investir cerca de R$ 100 milhões neste ano para a modernização e a reestruturação da segurança pública.

Parte desse valor será para o CPA/M-12, que coordena ações do policiamento em todo o Alto Tietê. “Não sei informar, neste momento, qual o montante para a região, mas só para a aquisição das duas aeronaves, uma para atividades dos batalhões e outra para ação da Polícia Ambiental, serão investidos R$ 12 milhões (R$ 6 milhões cada uma)”, contou Camilo. Ao todo, segundo o comandante, serão comprados cinco helicópteros neste ano, totalizando 26 aeronaves modelo Esquilo. Hoje, a PM possui 21.

Com capacidade para transportar seis pessoas, os helicópteros Águia da PM são equipados com rádios digitalizados, que permitem a comunicação sem o risco de interceptação, além de moving map, que é um pequeno computador a bordo do helicóptero que fornece mapas e cartas de rotas de um município, e farol de busca para localização de pessoas durante o período da noite; guincho para resgate de pessoas e objetos; equipamentos médicos de resgate, como maca para remoção, equipamentos para ressuscitar, aparelhos para oxigênio, cordas e ganchos; esqui com degrau estendido; plataforma com degrau para embarque e desembarque de tripulantes com maior segurança; e GPS Garmin – um identificador de coordenadas de alta definição, que tem interface de alta qualidade e fácil acesso.

Situação atual
Hoje, o helicóptero vem à região de duas a três vezes por mês, com decolagem do Campo de Marte, na capital, para ajudar na perseguição de bandidos e até para transporte de órgãos. Geralmente, a aeronave é acionada para auxiliar em ocorrências em que os bandidos mantêm vítimas reféns e fogem para áreas de mata, ou até mesmo para ajudar no resgates de vítimas.

Parceria
“De início, os helicópteros continuarão saindo da capital, já que a região não possui hangar ou helipontos com características necessárias para que eles permaneçam aqui”, explicou Camilo.
O prefeito Marco Aurélio Bertaiolli (DEM) demonstrou interesse em firmar parceria para que as aeronaves permaneçam em Mogi. “Trata-se de uma grande conquista e se a PM achar necessário, poderemos firmar parceria e a Prefeitura construir ou ajudar a localizar esses helipontos”, disse o prefeito.


Fonte: Mogi News


7 COMENTÁRIOS

  1. Como sempre quem têm competência se estabelece.
    Isso só demonstra o grau de profissionalismo que chegou a PMSP na questão de AvSegP.
    Parabéns!!!
    Que sirva de exemplo!

  2. Parabéns ao Ten Cel Severo, pessoa competente, íntegra e um amigo para todas as horas.

    Da mesma forma, toda a sua equipe atua em prol da instituição e da sociedade.

    Crescem porque são competentes!.

    ABraços

    Cap Carpes
    PMSC

  3. Gestão, visão, integração com equipes de terra, necessidade, inclusão de pessoas de forma rotineira e continua, envolvimento com a sociedade, responsabilidade social, POLICIAIS MILITARES na sua essência.
    Equipamento adequado, versátil, flexível, confiável, unificação de frota, padrão militar em sua essência que significa economia de recursos maior disponibilidade, intercambiabilidade de peças e suprimentos.
    Só há uma palavra PARABÉNS.
    Uma das unidades mais assediadas por vendedores de aeronaves para venderem, alias apenas venderem, mas resolutos, convictos mantiveram um modelo indiscutivelmente o mais adequado a aqueles que se enquadram no modos operacional de multimissão incontestável.
    Relação; irão ativar mais duas bases com a compra de 5 aeronaves, assim não tem quem conteste a eficiência e eficácia. Estes realmente VOAM PARA SERVIR

  4. ACREDITO QUE O GRPAe É UM ÍCONE EM NOSSO PAÍS.
    GRUPAMENTOS AÉREOS QUE AINDA BUSCAM UMA IDENTIDADE, TEM A ABSOLUTA CERTEZA DE QUE, AQUI NO BRASIL, PODEM SE ESPELHAR NO GRPAe.
    DAS POUQUÍSSIMAS OPORTUNIDADES QUE TIVE DE VISITAR A BASE DA CAPITAL OU DE CONVERSAR COM ALGUM COMPONENTE, PUDE CONSTATAR QUE NOSSOS “ÁGUIAS” ESTÃO SEMPRE DISPONÍVEIS PRA COLABORAR CONOSCO, FORNECENDO INFORMAÇÕES, ORIENTAÇÕES, EXPERIÊNCIAS, LITERATURA, ENFIM, NOTADAMENTE A EXPRESSÃO: “PANO PRETO” NÃO EXISTE NO VOCABULÁRIO DELES.
    PARA O ALTO E AVANTE CAROS GUERREIROS, E QUE NOSSO DEUS CONTINUE A ABENÇOAR VOSSOS VOOS.
    CAP PMPE ROMILDO – ASP92.

  5. PMESP sempre na vanguarda, não só no tocante a AvSegPúb. mas como um todo. Investindo pesado em recursos materiais, em pessoal qualificado e tecnologia.
    Enquanto a maioria senta e cruza os braços, acreditando estar no controle da situação, outros, de forma exemplar, procuram a constante atualização.

    Digno de país Europeu, aproximando o ideal do real!
    Parabéns ao CMDT Geral, Cel Camilo, que vem tornando este Estado exemplo a ser seguido.

    Agt PM Juan Berti
    CIEMER190 5ª RPM – PMSC

Escreva um comentário

2 × cinco =

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários