Helicóptero da PRF realiza remoção aeromédica de recém-nascido

Um recém-nascido foi transportado de helicóptero de Patos, no Sertão paraibano, para um hospital de João Pessoa no domingo (18). De acordo com a direção da Maternidade Peregrino Filho, a remoção foi necessária devido a complicações respiratórias sofridas pelo bebê ainda na sala de parto. A operação de transferência foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a Secretária Estadual de Saúde e a Força Nacional.

O menino deu entrada às 17h30 no Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa. Segundo a médica Ádila Sampaio, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e seu estado de saúde ainda é grave, porém estável. O recém-nascido foi diagnosticado com pneumonia, está entubado e recebe acompanhamento clínico.

Apesar do transporte ter sido rápido, ela questionou a demora do processo de transferência, uma vez que já havia vaga disponível no hospital desde sexta-feira para receber o menino. “Ele só chegou no domingo, mas estávamos esperando há dois dias. A gente chegou a pensar que haviam desistido de transferi-lo. Mesmo assim, foi plausível toda a mobilização para o transporte aéreo”, comentou.

De acordo com a PRF, a viagem de helicóptero durou uma hora e 16 minutos, quando o percurso terrestre poderia demorar até quatro horas. A PRF foi acionada pelo Samu para dar apoio ao socorro. O helicóptero, que fica no hangar da PRF em Pernambuco, gastou 30 minutos de voo de Recife a João Pessoa.

Fonte: G1.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns aos amigos do DOA/PRF Recife, por mais um exemplo de profissionalismo e dedicação.
    Forte abraço.
    Cmte Guilherme Wanderley – Cap PMPE

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

quinze + 5 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários