Operação com helicóptero está entre as 10 prioridades do NTSB

Em 16 de janeiro de 2014, o National Transportation Safety Board (NTSB) americano divulgou sua lista “Top 10” para 2014, com as 10 principais prioridades da agência para o ano. Com a elevada taxa de acidentes com helicópteros, as operações de helicópteros entraram na lista. De acordo com o NTSB, entre janeiro de 2003 e maio de 2013, ocorreram 1.470 acidentes com helicópteros, com 477 mortes e 274 feridos graves.

O NTSB entende que os helicópteros são usados ​​em uma grande variedade de operações, cada qual apresenta desafios únicos. Por exemplo, os serviços aeromédicos de emergência (HEMS) muitas vezes voam pressionados para realizar estas operações de forma segura e rápida em diferentes condições ambientais.Essas condições incluem voar em situações meteorológicas marginais, noturno, e pousar em áreas desconhecidas.Operadores de voos turísticos e unidades policiais também enfrentam problemas semelhantes.

NTSB Top 10 2014

Estas e outras questões operacionais levaram a um número inaceitavelmente elevado de acidentes com helicóptero e o NTSB afirmou que não há uma solução simples para reduzir os acidentes de helicópteros. No entanto, eles têm recomendado algumas melhorias de segurança para mitigar o risco.

Por exemplo, operadores de helicópteros devem desenvolver e implementar sistemas de gestão de segurança, que incluem práticas de gestão de risco, principalmente em matéria de inspeção e manutenção. Além disso, definir melhores práticas para gestão de pessoal, que inclua regulamentos de jornada de trabalho, levando em consideração fatores como horário de início, carga de trabalho, mudanças de turno, ritmos circadianos, tempo de descanso adequado e outros fatores mostrados por uma pesquisa recente, a evidência científica, e a experiência dos operadores de quanto isso afeta o nível de alerta das tripulações.

Os operadores também devem se certificar de que seus pilotos tenham acesso a um treinamento que inclua cenários como a entrada inadvertida em condições meteorológicas de voo por instrumento  e auto-rotação. Também observou ser inestimável a existência de um sistema de gravador de voo de bordo para ajudar pesquisadores, agências reguladoras e operadores em identificar o que ocorreu e como impedir que aconteça os acidentes novamente.

As investigações recentes do NTSB  de três acidentes resultaram na emissão de 27 recomendações de segurança relativas a questões que incluem gestão de risco, treinamento de pilotos, manutenção e gravadores de voo. Estes acidentes incluem o ocorrido em junho 2009, perto de Santa Fé, Novo México, envolvendo um helicóptero policial em uma missão de busca e salvamento, um acidente de agosto 2011, em missão aeromédica perto de Mosby, Missouri e um acidente de voo panorâmico em dezembro 2011, perto de Las Vegas, Nevada.

Durante os últimos 10 anos, o NTSB emitiu mais de 100 recomendações de segurança. Se a alta taxa de acidente de helicóptero continuar, a FAA poderá intervir e decretar mudanças regulatórias que forçaria mudanças em toda a operação com helicóptero.

Confira as lista de prioridades:

1. Address Unique Characteristics of Helicopter Operations
2. Advance Passenger Vessel Safety
3. Eliminate Distraction in Transportation
4. Eliminate Substance-Impaired Driving
5. Enhance Pipeline Safety
6. Improve Fire Safety in Transportation
7. General Aviation: Identify and Communicate Hazardous Weather
8. Implement Positive Train Control Systems
9. Promote Operational Safety in Rail Mass Transit
10. Strengthen Occupant Protection in Transportation

Fonte: AOPA

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

cinco × um =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários