EUA – A empresa SKYTRAC e a operadora aeromédica canadense STARS Air Ambulance completaram o primeiro teste de transferência de dados médicos em voo a bordo do Airbus H145-D3 de cinco pás.

Essa capacidade de transferência permite que os operadores aeromédicos transmitam dados do paciente em tempo real, como saturação de O2 e CO2, pulso e dados de pressão arterial para qualquer lugar do mundo por meio da solução de conectividade inteligente da SKYTRAC.

Operadora aeromédica canadense STARS testa transferência de dados médicos em voo.

Essa solução combinada via satélite, celular e Wi-Fi é possibilitada pelos aviônicos ISAT-200A e DAL-200 da SKYTRAC, que oferecem às operadoras roteamento de dados através de vários canais para dados médicos em tempo real recebidos dos dispositivos a bordo, permitindo que os médicos visualizem os dados do paciente remotamente por meio de servidores seguros.

Antes do voo, o SKYTRAC conduziu testes em solo com o STAT MedEvac em fevereiro de 2020, onde os engenheiros configuraram um monitor/desfibrilador ZOLL X Series para transmitir dados médicos criptografados.

Essa capacidade permitirá que os profissionais de saúde acessem dados como relatórios de 12 derivações antes que os pacientes cheguem ao hospital receptor, economizando segundos valiosos durante uma das fases mais arriscadas do atendimento. Aplicativos de telemedicina também podem ser ativados, dependendo da disponibilidade do equipamento de bordo necessário.

O SKYTRAC demonstrará sua capacidade de transferência de dados médicos no AMTC Shift 2021 entre 31 de outubro e 2 de novembro de 2021. A demonstração de transferência de dados médicos estará localizada na exposição SKYTRAC no estande 831.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

9 + quinze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários