Panorama Estatístico da Aviação Civil Brasileira

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

O Estado Brasileiro define as diretrizes para a prevenção de acidentes através da Política Nacional de Aviação Civil – PNAC e do Programa Brasileiro para a Segurança Operacional da Aviação Civil – PSO-BR, assim, a Autoridade Aeronáutica, com base neles, emite o Programa de Segurança Operacional Específico do Comando da Aeronáutica – PSOE-COMAER.

O PSOE-COMAER estabelece as diretrizes para os provedores de serviços de navegação aérea no âmbito do Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional – SGSO (Safety Management System – SMS). Além disso, estabelece as orientações para o planejamento da prevenção de acidentes aeronáuticos no âmbito do Sistema de Investigação e
Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SIPAER.

O FCA 58-1 “Panorama Estatístico da Aviação Civil Brasileira” é o documento que complementa as orientações do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – CENIPA para a Aviação Civil Brasileira, no âmbito das competências de prevenção de acidentes aeronáuticos do SIPAER.

A análise dos dados estatísticos contidos nesta publicação propiciará que a comunidade aeronáutica concentre seus esforços de prevenção de acidentes nas áreas mais críticas, o que permitirá a obtenção de uma maior eficácia.

A prevenção de acidentes aeronáuticos é responsabilidade de todos e requer mobilização geral. Dessa forma, com base no conhecimento proporcionado por este Panorama é preciso que todos os componentes da Aviação Civil atuem em prol da prevenção, auxiliando na difusão da cultura de segurança e do comportamento conservativo.

Somente com os esforços conjuntos de toda a coletividade serão atingidos níveis mais seguros na Aviação Civil Brasileira.


FCA 58-1   Panorama Estatístico da Aviação Civil Brasileira


- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

  1. Operadores Policiais e Defesa Civil…abaixo uma afirmativa no relatório.

    “As investigações destes acidentes têm apontado como condições latentes, no
    âmbito do órgão regulador de aviação civil, a falta de uma legislação específica que oriente e
    regule essa atividade no tocante à operação, treinamento e manutenção. ”

    Os gráficos apontaram o julgamento e a supervisão como fatores contribuintes nos acidentes de Helicóptero. No relatório temos a afirmativa acima.
    Entendo que a Padronização dos Procedimentos Operacionais das OASP (Organização Aérea de Segurança Pública), pode colaborar muito com a redução desses índices, principalmente porque em um sistema padronizado aplicamos a Supervisão dos processos produtivos e o refinamento constante deles.
    Abraço a todos e bons voos!
    Cap Baracho

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários