- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Paraná – Na segunda-feira (02), a equipe aeromédica do SAMU Regional Norte Novo/SESA, base Maringá, foi acionada para o socorro de um homem de 40 anos com diagnóstico de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), conhecido como ataque cardíaco. 

A equipe decolou de Maringá para a cidade de Manoel Ribas. O paciente estava no Pronto Socorro da cidade e precisava ser transferido para hospital de referência cardiológica, pois apresentava dor torácica contínua e o eletrocardiograma apresentava obstrução completa da artéria (supra ST). 

Para salvar a vida do homem, a equipe do helicóptero Saúde 10 do SAMU utilizou o medicamento usado para tratamento trombolítico do infarto agudo do miocárdio e muito importante para pacientes que se encontram longe de hospitais referência em cardiologia e que precisam de atendimento imediato.

Após receber o trombolítico, o paciente foi helitransportado até a referência em cardiologia onde se constatou a desobstrução completa da artéria acometida, porém não exclui a necessidade de realização do cateterismo, feito no Hospital Norte Paranaense (HONPAR), em Arapongas.

O uso do medicamento teve impacto direto na redução do dano miocárdico (coração) e sequelas secundárias a isquemia (redução do fluxo sanguíneo). O voo durou 40 minutos, com o doente monitorado e acompanhado pela equipe médica. O paciente já se encontra na enfermaria do hospital em boa recuperação.

Investimento do Governo do Paraná

O Governo do Paraná, através a Secretaria de Saúde do Estado (SESA), disponibilizou esse mediamento recentemente para as equipes aeromédicas. Como os helicópteros estão distribuídos no Estado e chegam rapidamente para socorro de pacientes graves, essa ação salvará muitas vidas. O fármaco somente era encontrado em hospitais de referência, pois possui custo alto (cerca de R$ 5.000,00 a ampola).

Todos as equipes aeromédicos do Estado estão aptas e treinadas para uso desse medicamento, pois reduz a mortalidade por doença cardiovascular. O helicópteros do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), que fazem parte da Rede Paraná Urgência da SESA, estão equipamos com o trombolítico.

Helicóptero do BPMOA utilizado no serviço aeromédico do Estado também está equipado com esse medicamento.
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários

comentários