Risco Baloeiro – Colabore com a Prevenção!

O Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SERIPA II, no sentido de promover ações que contribuem para prevenção de acidentes aeronáuticos, divulgou a Edição nº 04 do PreviNE, o Boletim Eletrônico de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos da Região Nordeste.

O Boletim aborda assuntos relevantes e atuais, o Perigo do Balão para a Aviação e a Aproximação EstabilizadaÉ chegada a época de festejos juninos e julinos, quando tradicionalmente se celebram várias festas religiosas, em especial o São João, ápice destes eventos.

É nesse período que o Sistema de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos se volta preocupado para um perigo real e latente que é a soltura de balões de ar quente não tripulados.

Esses balões são lançados por indivíduos ou grupos de pessoas, comumente chamados de “BALOEIROS”, que ao fazê-los expõem residências, fábricas, refinarias, florestas, aeronaves e aeroportos ao risco de acidente de dimensões incalculáveis.

A fim de obter uma análise com maior volume de dados relativos ao balão de ar quente não tripulado e permitir a  dentificação de regiões de maior risco, o Centro de Investigação de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) lançou, em seu site, a ficha de notificação de ocorrência envolvendo a atividade ilícita dos baloeiros, que pode ser preenchida por qualquer pessoa que tenha avistado balões perto de aeronaves em procedimento de pouso, decolagem ou em voo de cruzeiro.


Edição nº 04 do PreviNE


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

um × 5 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários