Vídeo: Águia 14 faz resgates na Avenida do Estado, em SP

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Vários motoristas que trafegavam na Avenida dos Estados, na região de Santo André, no ABC, foram surpreendidos pelo transbordamento do Rio Tamanduateí no final da tarde desta terça-feira (18). Presos na inundação, alguns deles precisaram se refugiar nos tetos de seus carros.

O helicóptero Águia, da Polícia Militar, teve de ser acionado. Os motoristas foram retirados com a ajuda de um cesto e levados em seguida para um lugar seguro – uma quadra próxima ao local. Ao menos dois motoristas foram resgatados pelo Águia.


Fonte: eBand


- Anúncio -

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez, parabéns aos amigos do GRPAe/PMESP pela eficiência em seus serviços prestados.
    Continuem voando com a destreza a perícia que o fazem todos os dias do ano. Deus ilumine-os.

    Agt PM Juan Berti
    CIEMER190 5ª RPM – PMSC
    -futuro piloto policial.

  2. realmente os policiais que estiveram envolvidos nesta operação devem ser parabenizados, mas ao meu entendimento não pelo desenrolar da ocorrência própriamente dita,; mas sim pela coragem em realizar tal missão.

    isso porque para quem assistiu na integra esta ocorrência, do início da chegada da aeronave ao local até a finalização foram aproximadamente 15 minutos de operação de salvamento de 2 (duas) vítimas ilhadas, as quais encontravam-se no interior de seus veículos, envoltas por aquela imensidão de água com um correnteza infernal, ao lado do rio Tamanduateí, o qual transformava a vida daquelas pessoas em uma situação de iminente risco de morte e emergencial necessidade de salvamento.

    foram aproximadamente 15 minutos de agonia e desespero de todos que ali no local tentavam de forma improvisada realizar o salvamento, assim como os espectadores diante do vídeo; porém ao avistar o helicóptero, sente-se que tudo está resolvildo, claro; mas que uma opoeração emergencial de salvamneto onde pessos encontram-se prestes a perder suas vidas em fração de segundos, não há que se contestar que o tempo é primordial!
    salvamentos da forma como são realizados pelo GRAPe-PMESP, utilizando-se apenas dos equipamentos que verificamos serem únicos e exclisivos nessa unidade para estas modalidades, já parecem mais do que ultrapassados, ou se não assim, não tão eficentes para certas emergências, onde a vida e a morte estão por “um fio”.
    já é sabido que pelo mundo todo, assim como em muitas unidades aéreas pelo brasil, e bem como as forças armadas, a utilização do guincho se faz muito mais eficiente e rápida em tais emergências, pois com certeza naquela situação não se executaria o salvamento em 15 minutos.
    verificamos em muitos vídeos de salvamebnto em enchentes onde a aeronave dotada do guincho realizou, que a rapidez se faz presente muito mais do que com este cesto, pois as dificuldades com este tipo de equipamento muito mais instável, que não oferece a segurança adequada para o operador e a vítima pois estes ficam como carga externa durante todo o trajeto, que de acordo com o local da missão pode ser considerávelmente distante, o que torna a situação de maior risco pois existe a necessidade do voo com esta carga externa, tendo a necessidade da extrema perícia do piloto e do tripulante na função de lançador, para que todos os obstáculos existentes sejam observados e devidade livrados do trajeto afim de que cesto com seus ocupantes não os atinja, além do rico de em caso de pane da aeronave o cesto terá que ser “alijado” com seus ocupantes no interior.
    cabe ainda salientar, que sempre soubemos que o mais dito e certo é que o “local mais seguro da aeronave é dentro da cabine”!
    sendo assim, vejamos senhores, o quanto hoje se faz necessário para a segurança dos tripulantes e das vítimas que dos nossos trabalhos necessitam, e que seja uma prestação cada vez mais eficiente, técnica, segura, e que pelo seu grau de complexidade os riscos sejam minimizados para o homem e a máquina.
    é certo de que a não utilização do guincho nas aeronaves do GRPAe de SP, demonstra certo preconceito talvez, ou falta de adquirir esta cultura de utilização do equipamento que se faz presente e eficiente ao redor do mundo e ganhando a aviação de segurança pública pelo Brasil em prol dos necessitados e não pensando em prol dos prestadores do serviço apenas, como possa parecer.
    não dse pode parar no tempo; se quer imaginar que o que se está sendo utilizado tanto tempo é apenas o que se pode dizer ser o melhor e mais adequado e eficiente para o desenrolar de salvar duas vidas em quinze minutos.
    Deus proteja todos!

  3. Realmente André Vieira, todos nós profissionais devemos sempre nos preocupar com a segurança de voo. Nas missões de evacuação onde nao é possivel o pouso da ANV o uso do guincho é a forma mais segura de realizar o salvamento diminuindo o risco da missão, pois a utilização do ‘puça” ou cesto coloca a vida do tripulante e da vitima em risco, pois se necessário o alijamento da carga toda a intenção de resgate tera sido em vão. SEGURANÇA DE VOO EM PRIMEIRO LUGAR!

  4. Meu esposo Paulo e sua afilhada sofreram um grave acidente no rodoanel no dia 20/02/11 e o aguia 14 da PM fez o resgate do meu esposo que ainda está internado no IOT do HC. Gostaria de agradecer muito e de todo o meu coração porque graças à vcs e à Deus o meu esposo o qual eu amo muito esta vivo se recuperando. Que os anjos e Deus estejam sempre abençoando a vida e o trabaljo de vocês. Muito obrigada.

  5. Angélica Coelho Marques
    1 de março de 2011
    Meu esposo Paulo e sua afilhada sofreram um grave acidente no rodoanel no dia 20/02/11 e o aguia 14 da PM fez o resgate do meu esposo que ainda está internado no IOT do HC. Gostaria de agradecer muito e de todo o meu coração porque graças à vcs e à Deus o meu esposo o qual eu amo muito esta vivo se recuperando. Que os anjos e Deus estejam sempre abençoando a vida e o trabaljo de vocês. Muito obrigada
    _______________________________________________

    BOA NOITE A TODOS E TODAS DA EQUIPE!

    Meu nome é Paulo, o mesmo a qual os senhores SALVARAM, estou em recuperação pois tive fraturas da perna ( joelho, tibia , fibia e um pequeno trauma na testa ), porém posso afirmar que graças a vcs e a DEUS, estou vivo e minha afilhada esta bem.

    MAIS UMA VEZ A TODOS INTEGRANTES DO AGUIA 14 E DO SITE, BEM COMO TODOS DO REGATE MUITO OBRIGADO (ETERNO) POR VCS EXISTIREM E NOS DAR A VIDA…

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários