A Aviação Policial da Colômbia – 26 anos de história e combate à criminalidade

31866139.PNGA Aviação Policial da Colômbia surgiu em 10 de novembro de 1984, quando uma propriedade de 4.200 m², nas proximidades do Aeroporto de Guaymaral, foram inauguradas as instalações da primeira Base Aérea da Polícia Nacional da Colômbia, denominada: “Capitão Fernando Alvarez Bonilla”, em reconhecimento ao primeiro piloto da Polícia Nacional, falecido no cumprimento do dever e foi ponto de partida para a construção das Bases Aéreas de Santa Marta, San José del Guaviare e Tuluá.

A Aviação Policial da Colômbia realiza uma série de missões, dentre elas, operações antinarcóticos, evacuações aeromédicas, apoio humanitário, erradicação de cultivos ilícitos, patrulhamento aéreo, transporte de pessoas e de produtos perigosos, além de treinar e preparar seus policias para a atividade de aviação.

Operações realizadas pelas aeronaves da Aviação Policial da Colômbia

Nos últimos dois anos foram distribuídas aeronaves nas cidades de Cúcuta, Cartagena, Barranquilla, Medellin, Bucaramanga, Pereira, Bogotá, Cali, Neiva e Villavicencio, a fim de realizarem atividades de vigilância através de patrulhamentos aéreos sobre os pontos críticos, tais como áreas comerciais e bancárias. As aeronaves utilizadas para essas atividades são 05 helicópteros Bell 206, 01 helicóptero Hughes 500 e 04 aviões Cessna 206.

Além dessas aeronaves a Aviação Policial da Colômbia conta com outras aeronaves para transporte de cargas e pessoas e emprego tático, como o DC-3, Uh-1h Bell Huey, Sikorsky UH-60, Caravan, King Air, Caravan, OH-58, entre outras.

Algumas aeronaves utilizadas pela Aviação Policial da Colômbia

Em 2007  o processo de manutenção de aeronaves da polícia foi certificado sob o padrão de qualidade ISO 9001:2000, o que torna a unidade uma das melhores empresas de manutenção aeronáutica nacional e internacional. O Grupo de Manutenção da Aviação Policial da Colômbia está habilitada para realizar as manutenções de níveis 1, 2 e 3.

Durante o primeiro semestre de 2009, a Direção de Narcóticos, através da Aviação Policial, com seu avião de asa fixa (DC-3), apoiou todas as unidades policiais e de outras instituições, com resultados altamente satisfatórios, transportando um total  de 444.208 kg e 25.781 passageiros.

A escola de Aviação Policial da Colômbia foi fundada em 28 de novembro de 1996, com sede no município de San Sebastian Mariquita, e, atualmente, configura-se como uma Instituição de Educação Superior com certificação para os cursos de especialização do piloto policial e manutenção aeronáutica, contanto com 68 cursos de extensão em temas aeronáuticos, segurança de voo e procedimentos de voo por instrumentos. Em 11 de novembro de 2007 foi certificada pela Norma Técnica ISO 9001:2000.

Simulador de voo da Escola de Aviação Policial da Colômbia.

A Escola já formou 480 pilotos policiais, 30 pilotos do Exército da Colômbia, 15 da Marinha da Colômbia e 20 oficiais de países amigos, como o Peru, Chile, Equador e Panamá, totalizando 545 pilotos formados pela Escola de Aviação.

A Escola de Aviação tem como estratégia a aquisição de mais aeronaves e simuladores voo, e, através de convênio com a Embaixada Americana, a construção de um auditório, salas de aula e alojamentos, além de iluminação da pista de pouso e decolagem, a fim de otimizar a instrução noturna.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

nove + 17 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários