- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Rio de Janeiro – O Poder Executivo do Rio de Janeiro poderá ser autorizado a disponibilizar, com prioridade, aeronaves do governo para o transporte de equipes de captação de órgãos humanos para os transplantes no Estado. É o que propõe o projeto de lei 910/19, da deputada Alana Passos (PSL) e do deputado Rosenverg Reis (MDB). O projeto prevê ainda a possibilidade de regulamentação da lei.

O projeto foi aprovado, em segunda discussão, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), na quarta-feira (05/02). O texto seguiu para o governador Wilson Witzel, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar.

“A fila de pessoas que necessitam de transplantes no Brasil é muito grande e, infelizmente, muitas delas morrem por ausência de doadores. Por outro lado, muitos órgãos são perdidos em razão de não ter um transporte eficiente entre o local onde o doador faleceu e o local onde seria realizada a cirurgia de transplante”, justificou Alana Passos.

ALERJ. Foto: Thiago Lontra.
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários

comentários