Aos 29 anos, Águias da PM de São Paulo mantêm espírito guerreiro

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

O helicóptero Águia, da Polícia Militar, decolou na última segunda-feira (12) para mais uma operação de resgate. A missão: salvar um grupo que se perdeu ao percorrer uma trilha na Serra do Mar, em Paranapiacaba, na Grande São Paulo. No fim do dia, o saldo era de dois grupos diferentes resgatados, somando dez pessoas e até um cachorro, cujo faro não foi suficiente para ajudar seus donos a encontrarem o caminho de volta.

Missões como esta fazem parte do dia a dia do Grupamento de Radiopatrulhamento Aéreo (GRPAe) da Polícia Militar, que comemora o reconhecimento pelo trabalho nestes 29 anos, completados nesta quinta-feira (15).

29anos

“Nosso lema é voar para servir, e voar com segurança”, resume o tenente coronel Edson Gaspar, que comanda interinamente o Grupamento.

Segundo ele, trabalhar no Grupamento envolve prontidão, ou seja, mesmo que em serviço administrativo, o policial deve sempre estar pronto para voar a qualquer momento.

Nos quase 30 anos de existência, as equipes dos helicópteros Águia já somam quase 100 mil horas de voo. Foram mais de 9 mil ocorrência aeromédicas e quase 15 mil chamados para apoio policial.

Neste ano, o aniversário é duplo, pois também é comemorado o centenário da aviação militar, que começou no dia 17 de dezembro de 1913, quando a Polícia Militar ainda era Força Pública de São Paulo.

Na época, a aviação era utilizada para combate, mas hoje sua função está mais voltada para as missões de salvamento, transporte órgãos e apoio a ocorrências policiais.

“A missão dos primeiros pilotos era de combate, agora eles salvam vidas e combatem o crime. O fator mais importante que não mudou é o espírito guerreiro dos pilotos, tanto os atuais quanto os do início. Eles enfrentam qualquer desafio em prol do povo”, disse o atual subcomandante do Grupamento, tenente coronel Galdino Vieira.

29anos1Trabalho em equipe

Comandado pelo coronel Ricardo Gambaroni, o Grupamento Aéreo da PM possui 11 bases em todo os Estado, contando ao todo com 493 policiais distribuídos em funções administrativas e operacionais.

O grupamento reúne quatro funções: piloto, tripulante, enfermeiro e mecânico. A seleção é rígida e ocorre até o policial estar apto a trabalhar sem supervisão.

Por dia trabalham cerca de seis equipes subdivididas para atendimentos de emergência e apoios para ocorrências policiais e equipes reserva. Cada policial também exerce uma função administrativa no GRPAe.

“Águias da Cidade”

O trabalho do Grupamento atualmente é tema de um programa no canal a cabo Discovery Channel. O “Águias da Cidade”, que já vai para a segunda temporada, mostra o dia-a-dia dos policiais e as ocorrências.

Segundo o Ten Cel PM Gaspar, o sucesso da primeira temporada levou o canal a cabo a repetir a dose neste ano.

Fonte: SSP, por Beatrice Caparbo.

- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber a respeito do certificado q nao peguei no dia do evento,havia feito inscriçao mas nao recebi confirmaçao,mas assinei presença.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários