BAPM/SC apoia Instituto Chico Mendes na observação de Baleia Franca ferida

No último sábado (11/08), o Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) prestou apoio ao Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Devido a notícia de uma baleia franca possuir cicatrizes de hélice de embarcação no dorso e estar na praia de Mariscal, em Porto Belo, foi necessário o acompanhamento com helicóptero para avaliação do estado de saúde do mamífero. Trata-se de uma fêmea acompanhada do filhote recém-nascido. Esta é a primeira vez que o Projeto Baleia Franca de Imbituba registra uma Baleia Franca ferida no litoral catarinense.

A espécie tem hábitos costeiros, os animais frequentemente encostam a barriga na areia de tão perto que chegam da praia. Como os barcos de grande porte circulam em alto mar, a possibilidade de colisão é pequena, é difícil, mas não impossível. Neste caso os biólogos acreditam em acidente, já que o local é próximo ao Porto de Itajaí.

Com o auxílio da aeronave, os biólogos puderam identificar a baleia, avaliar os ferimentos e indicar que a mesma estava em condições adequadas de sobrevivência, pois as lesões estão em processo de cicatrização. A baleia está se locomovendo e agindo normalmente, ela não corre risco de morte. As imagens do monitoramento serão enviadas para especialistas nos Estados Unidos, o objetivo é descobrir quando e que tipo de embarcação atingiu o mamífero.

Fonte: PMSC e BAND Santa Catarina.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

7 − 1 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários