Centro de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros de Gioás completa 1.000 horas de voo com o AW119

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Parece que foi ontem a primeira ocorrência atendida pelo helicóptero BOMBEIRO-01, entretanto estamos falando do dia 06/10/11, quando pela primeira vez o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás foi acionado para o atendimento de uma vitima, neste caso, um acidente automobilístico, utilizando uma ferramenta aérea para este tipo de resgate.

Desde então esta tem sido a rotina operacional do Centro de Operações Aéreas que atendeu até a presente data, 388 missões distribuídas nas áreas de resgate, busca e salvamento, defesa civil, combate a incêndio, além de instruções e ações preventivas inerentes ao serviço bombeiro militar.

11

Em muitas ocorrências a presença da equipe fez a diferença, porém foi o atendimento realizado no dia 03/09/2014 na cidade de Cristalina-GO, distante 284 km de Goiânia que marcou a importância do helicóptero no resgate aéreo. A tripulação formada pelo Tc Hofmann e Maj Tiago (pilotos), CB Leon (tripulante operacional), Dr. Benjamim (médico) e Ligia (enfermeira), foram acionados para o atendimento de uma recém nascido de 35 semanas que havia bronco aspirado onde depois de algum tempo evoluiu para uma PCR (parada cardiorrespiratória), a criança encontrava-se no Hospital Municipal da cidade, que não oferecia as condições adequadas para a sobrevivência da criança.

Na chegada ao Hospital, o Dr. Benjamim e a Enfermeira Ligia iniciaram o trabalho e conseguiram reverter a PCR e junto com a tripulação do BOMBEIRO-01, trouxeram o bebê para Goiânia, sendo que após algumas semanas a criança estava recuperada e passando bem, graças ao trabalho conjunto de todos os envolvidos neste processo.

Não só devido ao sucesso desta ocorrência mas também de várias outras, que no último dia 27/11/2014 durante uma instrução com o Curso de Salvamento Terrestre/2014 realizado na Academia Bombeiro Militar a aeronave BOMBEIRO-01 completou 1.000 horas voadas em atividades da Corporação, um marco comemorado com muita alegria por todos do Serviço Aéreo que diariamente enfrentam as dificuldades para manter ativo um serviço de grande relevância para a população goiana.

Os integrantes do COA sentem-se orgulhosos em participar desta marca histórica, uma vez que, com profissionalismo, respeito aos limites pessoais e operacionais, limites da máquina e com a aplicação de procedimentos operacionais padrão tem-se desenvolvido as atividades aéreas com competência, profissionalismo e abnegação durante este tempo.

Nos 03 anos de operação o Grupamento teve excelente desempenho operacional, confira:

1000h

Confira as fotos:

 

Fonte: Seção Operacional/COA

- Anúncio -

2 COMENTÁRIOS

  1. Obrigado ao Piloto Policial por divulgar o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás. O Centro de Operações Aéreas agradece a oportunidade de divulgar o que vem ocorrendo em nosso Estado.Maj Alberto- Subcomandante do COA

  2. É com grata satisfação que vejo os resultados em prol da sociedade de uma luta da qual tive a oportunidade de participar ativamente em conjunto com o TC PMDF Gonçalves e com o Agente PF Rubens Valentim. Ainda lembro da primeira reunião com os companheiros Hoffman, Douglas (hoje na SENASP) e Carrasco (falecido) na pequena sala do agente Rubens, onde a ideia foi plantada. Depois de muitos entraves e dificuldades, incluindo reformulações de convênios, análises do TCU e anulação de licitação, “nasceram” os três irmãos gêmeos do CBMGO, PCGO e PMGO. Parabéns ao COA-CBMGO por atingir essa importante marca, que continue prestando os bons serviços à sociedade Goiana. Bons voos…

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários