- Anúncio -

China – A EHang Holdings Limited, empresa que desenvolve plataforma de tecnologia de veículos aéreos autônomos (“AAV – autonomous aerial vehicle“), anunciou no final de agosto que foi selecionado para ingressar no Projeto Ambular que desenvolve uma ambulância aérea (eVTOL) para uso em emergências médicas.

Apoiado pela Organização da Aviação Civil Internacional (International Civil Aviation Organization – ICAO), o projeto também busca inspirar a comunidade global da aviação a liberar o potencial das aeronaves eVTOL (decolagem e pouso vertical – elétrico). O projeto Ambular foi resultado do trabalho da ICAO sobre o futuro da aviação, que reconheceu o possível uso dessas Aeronaves de Resposta a Emergências (Emergency Response Aircraft).

Em 2018, um grupo de voluntários da ICAO desenvolveu um projeto para um eVTOL relacionado à respostas a emergências. Este projeto, denominado Ambular, surgiu de uma iniciativa da ICAO para imaginar como poderia ser o futuro da aviação. O setor de Engenharia Elétrica da Universidade Concordia do Canadá e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong também participam do projeto.

No dia 26 de agosto, a ICAO realizou a 3ª edição do Innovation Webinar onde apresentou o Ambular, alguns dos outros conceitos e a ferramenta de realidade virtual que deve ser lançada com melhorias até o final do ano.

A Ehang foi a primeira empresa no mundo a lançar e comercializar eVTOL para passageiros e será responsável pelo desenvolvimento do hardware necessário (como rotores e motores) para o projeto Ambular, impulsionando a pesquisa e o desenvolvimento do componente de potência da aeronave.

O fundador, presidente e CEO da EHang, Huazhi Hu disse: “Estamos entusiasmados em nos juntar ao projeto Ambular apoiado pela ICAO, onde podemos trabalhar com líderes do setor para cumprir a missão de ‘economizar minutos críticos’ em emergências. Isso pode demonstrar o grande valor do UAM para a sociedade. Vemos que a UAM tem potencial para melhorar materialmente o transporte e ter um impacto positivo na vida das pessoas.”

Desenvolvimento do EHang 216

Em fevereiro de 2020, o veículo aéreo autônomo de passageiros de dois lugares da EHang, o “EHang 216“, serviu como ambulância aérea para transportar suprimentos médicos e pessoal para um hospital durante o surto COVID-19 na China, que atualmente depende principalmente de ambulâncias, aviões ou helicópteros.

A empresa explora também o uso dessas aeronaves para resgates em enchentes, combate a incêndios florestais e combate a incêndios em edifícios. A versão “EHang 216F” além de lançar espuma de longo alcance é capaz de identificar o fogo e romper obstáculos como janelas para facilitar o combate ao incêndio.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários