- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email
R7 – Diário do Povo

Rio Grande Do Sul – O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) sonha alto após a emancipação da Brigada Militar. Para 2019, o projeto de implantação do serviço de aviação e de drones na instituição receberá especial atenção.

A informação foi dada pelo comandante-geral do CBMRS, coronel Cleber Valinodo Pereira. Uma das experiências em aviação que pode servir de exemplo está bem perto, no estado vizinho.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina possui o Batalhão Operações Aéreas que atualmente conta com dois helicópteros, denominados Arcanjos 01 e 03, e dois aviões, chamados de Arcanjos 02 e 04.

Em oito anos de atuação, as quatro aeronaves atenderam diretamente mais de 6 mil pessoas, sendo realizadas um número superior a 6,4 mil missões aéreas. Os helicópteros atuam sobretudo no atendimento de acidentes de trânsito, resgates, salvamentos, afogamentos, emergências cardiológicas, buscas, combate a incêndios, prevenção, proteção ao meio ambiente e defesa civil.

Já os aviões dedicam-se principalmente ao transporte aeromédico como de pacientes entre hospitais e equipes de transplantes com os órgãos, além de levar frações de tropa, entre outras atividades.

O Corpo de Bombeiros Militar de SC mantém convênio com o Serviço Móvel de Urgência (SAMU) em suas operações aéreas. Em outubro deste ano, a instituição formou mais 11 profissionais para utilizar em drones em ocorrências como incêndio estrutural de grandes proporções, incêndio florestal, busca e resgate terrestre, operações com produtos perigosos, busca de cadáveres em rios e operações, além de afogamentos.

Helicóptero AW119 operado atualmente pela Brigada Militar do RS. Essa pintura e esse grafismo foi alterado. Foto: Eduardo Beni.
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários