Equipe do helicóptero Águia resgatou 287 pessoas ano passado na região de Joinville

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A 2ª Companhia BAPM (Batalhão de Aviação da Polícia Militar) voou 631 horas, participou de 625 missões, socorreu 287 pessoas e prendeu outras 45 em 2013 na região de Joinville. Somente durante 32 dos 365 dias do ano o helicóptero Águia não esteve em operação.

O perfil das ocorrências seguiu o mesmo dos anos anteriores, com predominância de atuação em apoio aos órgãos de saúde e segurança pública. Dentre os órgãos que mais utilizaram os serviços aéreos da Polícia Militar o sistema de saúde dos municípios representou 46,24% das solicitações. São Francisco do Sul teve o maior número de remoções: foram 55 acionamentos.

BAPM Joinvile

Duas ocorrências lá foram consideradas as mais peculiares e complexas do ano pelo capitão Yagã Cota. “Uma foi o incêndio químico em São Francisco do Sul em setembro e outra a queda de um trabalhador que fazia a manutenção num poço durante a Operação Veraneio”, detalha. A 2ª Companhia BAPM trabalhou durante uma semana ininterrupta em São Francisco do Sul por causa do incêndio no galpão da Global Logística e Transportes Ltda. “Fizemos monitoramento de área, transferência de equipamentos, de medicação e levantamento de imagens”, lista.

No dia 29 de dezembro o operador portuário Ilmar André Schmitz, 41 anos, fazia a manutenção de um poço na praia de Itaguaçu, em São Francisco do Sul, quando a base de um patamar de madeira que dava sustentação a uma escada – colocada a cerca de oito metros do fundo – cedeu. “Eu tinha posto uma corda no meio e acabei descendo pela corda, só que minhas mãos foram queimando. Subi oito tubos de um metro cada sozinho e tinha mais sete para subir, só que não tinha como”, relembra. Com o socorro do Águia Schmitz foi içado para fora do poço. “Eu estava bem, só a minha mão que machucou, mas já melhorou”, completa.

Aumento das ocorrências em dezembro

Comparando os meses de dezembro de 2012 e 2013 o comandante da 2ª Companhia BAPM, major Nelson Henrique Coelho, notou um aumento significativo no número de pessoas socorridas pelo helicóptero Águia. “Em 2012 foram embarcadas 44 vítimas, enquanto no ano de 2013 tivemos um acréscimo de 66% nas remoções de emergência (73 pessoas)”, analisa. Em relatório finalizado nessa quinta (8) o capitão Yagã Cota informou também que as intervenções policiais somadas às missões de patrulhamento preventivo representaram 37% dos acionamentos, configurando as missões de segurança pública como a segunda principal demanda da Companhia.

2013 – Dados da 2ª Companhia do BAPM (Batalhão de Aviação da Polícia Militar)

Total de missões – 625
Total de horas voadas – 631
Total de socorridos – 287
Total de detidos – 45
Palestras realizadas – 8
Instruções de manutenção de habilidades ao efetivo – 23
Média de acionamentos/dia – 2,1 acionamentos/dia
Média de horas/voo mensal – 52,6 horas/mês
Média de tempo de voo por paciente em remoções inter-hospitalar – 60 minutos
Média de tempo de voo por paciente em resgate e atendimento pré-hospitalar: 21 minutos

Fonte: ND Online

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários