- Anúncio -

Rio Grande do Norte – O Esquadrão Falcão (1°/8° GAV), sediado na Ala 10, em Parnamirim (RN), resgatou, nesta quinta-feira (12/09), um homem que sofreu acidente em um navio estrangeiro que navega na costa brasileira. O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pelo acionamento de missões aéreas, acionou o Esquadrão após o contato do Hospital de Aeronáutica de Recife (HARF).

A unidade de saúde da FAB em Pernambuco participou da operação, analisando as informações recebidas pelo SALVAMAR (Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo) sobre o estado da vítima antes do acionamento do helicóptero.

Esquadrão da FAB realiza resgate de vítima de acidente em navio

“Recebemos essa solicitação de socorro a enfermo a bordo do navio, sugerindo uma evacuação aeromédica e, após a averiguação do estado de saúde, achamos necessário, por causa da urgência, entrar em contato com a Força Aérea”, destacou o coordenador da missão, Capitão de Fragata Alexandre Souza de Aguiar.

A aeronave H-36 Caracal, do 1°/8° GAV, decolou de Paranamirim (RN) para Fortaleza (CE), onde realizou pouso técnico; em seguida, voou até o navio para realizar o resgate. O helicóptero manteve o voo pairado enquanto os homens de resgate SAR (do ingês Search And Rescue – Busca e Salvamento) içaram a vítima em uma maca até a aeronave. Ao final, o esquadrão transportou o paciente para a capital cearense para receber atendimento médico especializado, totalizando 3h50 de voo.

Esquadrão da FAB realiza resgate de vítima de acidente em navio

“Nós treinamos, diuturnamente, para cumprir esse tipo de missão. Então, é uma satisfação voltar com uma vida a bordo da aeronave para receber o tratamento adequado”, ressaltou o comandante da missão, Tenente Aviador Charles Bruno da Silva Duarte.

A tripulação foi composta por três pilotos, um mecânico de aeronave, um operador de equipamentos especiais (responsável por operar o guincho que auxiliou a tripulação), três homens de resgate, uma médica e uma enfermeira. “O resgate foi bastante difícil, no convés, em alto-mar, com muitos obstáculos, mas cumprimos o nosso dever e resgatamos uma vida”, enfatizou o Sargento Gerson Claudio Chermont Torres.

O navio procedente do Porto de Colon, no Panamá, tem como destino o Porto do Rio de Janeiro (RJ). Segundo a avaliação médica, caso o tripulante não fosse resgatado por uma aeronave, a situação poderia ser agravada, considerando a previsão de 12 horas para a chegada do navio ao porto de Fortaleza.

Esquadrão da FAB realiza resgate de vítima de acidente em navio

Fotos: Tenente Patrícia e Sargento Rodrigo
Infográfico: SDPP/CECOMSAER

- Anúncio -

1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários