- Anúncio -

Acre – Duas novas aeronaves chegaram para reforçar frota do Centro Integrado de Operações Aéreas e ampliar missões de Saúde e Segurança Pública em todo o estado. Durante visita ao Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) nesta quinta-feira (17), o governador do Acre, Gladson Cameli, enalteceu o trabalho exercido por seus profissionais no atendimento à população que vive em regiões longínquas e no constante enfrentamento ao crime.

O governador lembrou que o apoio aéreo será fundamental para ajudar no monitoramento e fiscalização do recém-criado Grupo Especializado em Fronteira (Gefron).

Governador do Acre assegura apoio para fortalecimento das ações do CIOPAER. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Somente em 2019, a frota do Ciopaer triplicou. Receberam um avião modelo Sêneca III, doado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e um helicóptero modelo AS 350 B2 (Esquilo), cedido pela Justiça Federal em São Paulo. Este último está sendo utilizado, exclusivamente, para missões de Segurança Pública.

Para o comandante do Centro Integrado de Operações Aéreas, Cleiton Almeida, a visita do governador demonstra seu compromisso em ampliar a frota aérea estatal, assegurando mais estrutura para que as forças policiais atuem na proteção da sociedade acreana.

“Para nós, esta visita em nossa unidade é motivo de honra porque em dez meses, o governador tem dado demonstrações claras do esforço e apoio a aviação com a chegada de mais duas aeronaves conquistadas sem investimentos do Estado. Isso renova o compromisso que o governador tem com a população de apoiar as forças de Segurança Pública e de investir cada vez mais no combate à criminalidade”, destacou.

Governador do Acre assegura apoio para fortalecimento das ações do CIOPAER. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O CIOPAER

Com objetivo de modernizar as atividades operacionais da Segurança Pública, o Centro Integrado de Operações Aéreas do Acre (Ciopaer) foi criado em setembro de 2009. Nos últimos dez anos foram realizadas mais de 300 missões, sem quaisquer registros de incidentes.

Atualmente com uma equipe técnica de 18 homens compostos por pilotos, copilotos, mecânicos e tripulantes armados, todos integrantes das forças de segurança do Estado, o Centro Integrado de Operações Aéreas começou os trabalhos utilizando-se apenas de um helicóptero, adquirido com recursos da União, o chamado Harpia 01.

Em 2019, a frota foi ampliada com a chegada do avião modelo Sêneca III, o Harpia 02, e do helicóptero modelo AS 350 B2 (Esquilo), o Harpia 03.

Governador do Acre assegura apoio para fortalecimento das ações do CIOPAER. Foto: Marcos Vicentti/Secom.
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários