- Anúncio -

Rio de Janeiro – A Helibras e o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro assinaram hoje (03) uma carta de intenção para compra de quatro helicópteros modelo H125. As aeronaves serão operadas pelo Grupamento de Operações Aéreas (GOA) para missões de defesa civil, resgate e transporte aeromédico.

A pretensão é que as aeronaves sejam empregues na versão aeromédica, como o atual H125 que está em operação no GOA e encontra-se em exposição na LAAD 2019 (Latin American Aerospace and Defense), principal feira de defesa e segurança da América Latina. O helicóptero possui o kit homologado para operação aeromédica, guincho e está configurado para um piloto, um médico, um enfermeiro e o paciente.

Jean-Luc Alfonsi, Vice-Presidente de Negócios e Serviços da Helibras, conta que as aeronaves serão configuradas para atender aos diversos requisitos de missão do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. “As aeronaves contarão com kit aeromédico, bumbi bucket, guincho, gancho, entre outros equipamentos que auxiliarão nas missões.”

O GOA conta atualmente com seis H125 e um 01 esquilo biturbina (AS355 NP) em sua frota. O Grupamento de Operações Aéreas aprimorou suas operações aeromédicas nos últimos anos e possui uma característica diferente da maioria dos operadores aeromédicos públicos do Brasil, qual seja, toda a tripulação da aeronave é formada por bombeiros militares, inclusive o médicos e o enfermeiros.

A família Esquilo, sucesso de vendas no mundo todo, acumula mais de 33 milhões de horas de voo com mais de 5.100 unidades atualmente em operação. O modelo, conhecido por sua robustez e versatilidade, é amplamente utilizado em missões de alto desempenho.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários