Helicóptero do Bombeiro resgata vítima de queda de passarela na linha amarela

Rio de Janeiro – Quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas após a queda de uma passarela na Linha Amarela, via que liga a Zona Norte à Zona Oeste do Rio. Uma vítima foi levada de helicóptero do Bombeiro ao Hospital Estadual Alberto Torres, no município de São Gonçalo, na Região Metropolitana.

O acidente aconteceu na saída 4, em Pilares, por volta das 9h do dia 28/01. A estrutura cedeu depois de ter sido atingida por um caminhão que passava pelo local. Ao despencar, a passarela caiu sobre dois carros. O socorro da concessionária Lamsa chegou rapidamente, em cerca de dois minutos, seguido por policiais, ambulâncias do Samu e pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros. Após a chegada do socorro, motoristas deixaram a região do acidente pela contramão.

ACIDENTE LINHA AMARELA - RIO DE JANEIRO - 28/01/2014

De acordo com o morador de Piedade José Alexandre Silva, caminhões da empresa Arco da Aliança utilizam a Linha Amarela diariamente pois descarregam entulho em uma pedreira desativada no bairro. O caminhão de placa LLN 2225 circulava pela Linha Amarela antes do horário permitido, que é a partir de 10 horas da manhã.

Com a colisão, a caçamba ficou presa à passarela, enquanto o restante do caminhão prosseguiu por alguns metros. Bombeiros, com auxílio do helicóptero, resgataram os feridos, que foram levados para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, o Hospital Federal de Bonsucesso, e o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo. O motorista do caminhão, de 30 anos, foi atendido no Lourenço Jorge e não teve ferimentos graves.

foto_(19)

Fonte: CBN Rio.

 

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezenove − catorze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários