Helicóptero da BM faz pouso forçado durante treinamento no litoral do RS

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Um treinamento do Batalhão de Aviação da Brigada Militar terminou em susto nesta terça-feira (14) em Capão da Canoa, Litoral Norte do Rio Grande do Sul, onde funciona a Escola de Aviação da Brigada Militar.

Após identificarem anormalidades, como vibrações atípicas e sintomas de perda de potência, três tripulantes de um helicóptero da corporação decidiram realizar um pouso forçado entre as guaritas 70 e 71 da praia.

salvamento2

Ninguém ficou ferido, mas um soldado e um sargento da BM chegaram a ser levados para exames no Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa. Para aliviar o peso da aeronave, eles pularam no mar de uma altura de cerca de 10 metros. Eles foram retirados do mar com a ajuda de salva-vidas. Todos passam bem.

O treinamento visava preparar salva-vidas e pilotos a realizarem resgates no mar. De acordo com a BM, a anormalidade ocorreu na última série de treinos, quando a aeronave levava um cesto suspenso por uma corda, onde estavam um policial que simulava ser “vítima” de um afogamento e um salva-vidas.

A BM detalhou que o procedimento adotado no pouso forçado “foi padrão” ao assegurar a busca por local mais adequado e o alijamento de carga externa.

A empresa responsável pela manutenção do motor do helicóptero foi acionada e, até um diagnóstico conclusivo da origem da anormalidade, a aeronave está indisponível para o serviço. Enquanto isso, a BM vai usar um helicóptero Schweizer que pode prestar apoio no transporte de salva-vidas, mas sem possibilidade de resgate.

Fonte: G1.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários