- Anúncio -

SEUL – Mergulhadores dos serviços de resgate sul-coreanos localizaram na sexta-feira (01) o helicóptero Airbus H225 Super Puma que caiu no mar com sete pessoas a bordo próximo as ilhas de Dokdo na noite de quinta-feira (31). Quatro corpos foram localizados até o momento.

A bordo estavam dois pilotos, um oficial de manutenção, dois oficiais de resgate, o paciente ferido e a pessoa que os acompanhava. Segundo informações preliminares, o helicóptero caiu cerca de dois minutos após a decolagem de Dokdo, perto da meia-noite. As ilhas de Dokdo, que a Coréia do Sul e o Japão reivindicam como seu território, são chamadas de Takeshima no Japão.

Os pilotos eram veteranos com cerca de 23 e 17 anos de experiência, respectivamente, disse a agência de notícias Yonhap da Coréia do Sul. Segundo a Guarda Costeira, o helicóptero do Serviço de Resgate Nacional 119 da Coreia do Sul (South Korean National 119 Rescue Headquarters), foi encontrado a 72 metros de profundidade na tarde de sexta-feira.

O helicóptero acidentado entrou em serviço em 2016 e é uma das aeronaves operadas pelo National 119 Rescue. Eles possuem, além dos H225, dois AS365 N2 e operam helicópteros da Airbus há mais de 20 anos. O modelo H225, anteriormente conhecido como Eurocopter EC225, é um helicóptero bimotor pesado usado em operações de busca e salvamento (SAR) ou operações militares em todo o mundo.

National 119 Rescue trabalha com equipes de resgate em locais de difícil acesso, combate a incêndios, transferência de pacientes graves, doador de órgãos e transporte de órgãos, além de realizar pesquisa e desenvolvimento em tecnologia de resgate de aviação e treinamento de equipes de resgate.

A fuselagem destruída foi recuperada no local do acidente no domingo (03) e foi enviada ao Aeroporto Internacional Gimpo, em Seul, para uma investigação aprofundada sobre os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários