Jornada Catarinense de Aviação Pública debate uso do NVG e criação de Associação

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A 3ª Jornada Catarinense e 1ª Sul Brasileira de Aviação Pública aconteceu nos dias 24 e 25 de setembro de 2013, em Florianópolis-SC.

Nesta edição o evento tomou projeções nacionais e contou com a participação de Operadores da Aviação Pública e participantes dos Estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Sergipe, Bahia e São Paulo, contribuindo para aprimorar a coordenação e a integração dos trabalhos de aviação dos diversos órgãos públicos.

Mesa

Na 1ª Jornada Catarinense o anfitrião foi o SAER da Polícia Civil de SC, na 2ª Jornada o anfitrião foi a Base Aérea de Florianópolis e nesta edição na 3ª Jornada e 1ª Sul Brasileira participaram palestrantes indicados pela Secretaria Estadual de Defesa Civil SC, Base Aérea de Florianópolis (BAFL), Coordenadoria de Transporte Aéreo SC (COTAer); Batalhão de Aviação Policial Militar SC (BAPM); Serviço Aeropolicial da Polícia Civil SC (SAER); Batalhão de Aviação Brigada Militar RS (BAvBM); Serviço Apoio Aéreo da Polícia Civil RS (SAA); Grupamento Aeropolicial-Resgate Aéreo PR (GRAer); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência SC (GRAU-SAMU), e tendo como anfitrião o Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar SC (BOA).

Cesto

As palestras tiveram como foco a instrução de tripulações, operações desenvolvidas, agregação de novas tecnologias, e também a criação de uma Associação que venha a representar os Operadores da Aviação Pública (Pilotos, Tripulantes, Mecânicos e Apoios Solos), onde o emprego de aeronave esteja a serviço da segurança pública, defesa civil e saúde, com fins de representatividade nacional.

Esse sistema é capaz de levar a segurança e o socorro de forma mais rápida e segura aos locais mais ermos, prestar o serviço ao cidadão com maior agilidade, segurança e conforto, capaz de zelar pela tranquilidade e sossego, mesmo nos momentos mais difíceis, como ocorreram no decorrer dos últimos anos em vários Estados.

Auditorio 2

Nas calamidades públicas sempre estiveram presentes vários integrantes da aviação pública Federal e de vários Estados e setores, onde os serviços prestados mostraram a importância do transporte aéreo e das atividades exercidas pelos órgãos públicos com qualidade e profissionalismo.

NVG

- Anúncio -

4 COMENTÁRIOS

  1. Excelente iniciativa dos amigos do SUL. A idéia da criação da Associação é muito bem vinda e pode ser uma opção para que se possam voltar os investimentos públicos para a Aviação e acima de tudo ampliar a integração e doutrina única. Conte conosco aqui do NORTE.
    TC GONÇALVES – GRAESP

  2. Parabéns aos conterrâneos pela iniciativa. O caminho para a consolidação da aviação de segurança pública está na junção de todos os esforços de maneira organizada e deixando as vaidades de lado, como era proposto pelo CONAV sob a condução do TC Gonçalves. A associação é a melhor opção para a efetivação das aspirações e desenvolvimento das atividades. Espero que a iniciativa ganhe força e se transforme realmente em um instrumento de ação da aviação, com a participação de todos os integrantes, inclusive doa interessados e apoiadores (stakeholders), sem se constituir em um “curral” de cultivo de politicagens e vaidades. Bons voos.

  3. Parabéns ao Ten Cel Edupércio e ao Comando do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina pela excelência na organização do evento. É uma iniciativa que veio para ficar, já estamos no 3º ano e em 2014 a 2ª Jornada Sul Brasileira de Aviação Pública será no Paraná. Esse evento representa aproximação das organizações aéreas, buscando a troca de conhecimento e a interação com novas tecnologias.

  4. BOA noite Srs (as). Com meus cumprimentos, informo que a idéia da criação de uma Associação que represente a nível Nacional os Operadores da Aviação de Segurança Pública e Defesa Civil (inclui Pilotos, Tripulantes Operacionais, Mecânicos, Apoio Solos, Equipes Adm) é para termos de forma legitima e representativa como interagir com Autoridades, Governos e Agências, que de alguma forma podem contribuir para a melhoria dos Serviços. A proposta de Estatuto, forma de eleição e participação será socializada neste Siteantes de entrar em vigor (para sugestões), uma vez que a idéia é agregar e obter resultados práticos, sem donos, e com rotatividade e representatividade assegurada a todos que desejarem contribuir. Att, EDUPERCIO PRATTS – Ten Cel BM Cmt BOA/CBMSC.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários