- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Na segunda-feria (29), O 1° Esquadrão de Helicópteros Atissubmarino (EsqdHS-1) da Marinha do Brasil foi acionado para resgatar um tripulante com suspeita de malária, embarcado no navio mercante panamenho “Kapetan Sideris”.

O resgate, com a aeronave “SH-16 Seahawk”, ocorreu a 150 milhas náuticas, aproximadamente 280 quilômetros da cidade de São Pedro da Aldeia, RJ, com a retirada do enfermo pelo guincho da aeronave.

Devido às distâncias envolvidas no deslocamento, foi necessário reabastecimento da aeronave em São Pedro da Aldeia, antes de seguir para o destino final, Aeroporto Santos Dumont, onde uma ambulância já aguardava para realizar o traslado até a Unidade Médica especializada.

Durante o evento, foram cumpridos os procedimentos de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus, incluindo o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) pelos tripulantes e a descontaminação de todos os envolvidos no resgate e da aeronave, realizadas pela equipe da Unidade de Descontaminação Volante da Esquadra em São Pedro da Aldeia.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários