Ministério da Justiça inicia pesquisa da Aviação de Segurança Pública e Defesa Civil do Brasil

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça deu início a uma pesquisa nacional com o objetivo de levantar informações sobre as diversas Organizações de Aviação de Segurança Pública (OASP) em atividade no Brasil. A pesquisa é realizada junto às instituições estaduais e federais de segurança pública.

Visando cumprir com a atribuição de desenvolver e fomentar políticas públicas para voltadas para a área de segurança pública do Brasil, a Senasp elaborou e remeteu a todas as OASP um detalhado questionário, contemplando dados sobre estrutura física e administrativa existentes, modelo de funcionamento, operações aéreas, recursos humanos, segurança operacional e projeções de planejamento.

SENASP

Os dados servirão para elaborar um amplo mapeamento do panorama atual da aviação de segurança pública no país, com a finalidade de subsidiar as futuras políticas, programas e projetos do governo federal voltados para o seguimento aeropolicial e de defesa civil.

Para a pesquisa, foram consideradas como OASP toda e qualquer unidade operacional formalmente constituída, ou não, dotada de recursos aeronáuticos para emprego nos órgãos de segurança pública, previstos no Artigo 144 da Constituição Federal do Brasil.

Na visão do coronel Mauro Douglas Ribeiro, assessor de Aviação da Senasp, esse mapeamento será um raio-x que possibilitará conhecer mais profunda e detalhadamente a situação atual da aviação de segurança pública brasileira.

“Além das carências materiais, temos de conhecer e catalogar as boas práticas já existentes na aviação de segurança pública, e criar formas de fomentar a difusão desse conhecimento por todo o país”, disse o coronel Douglas.

A pesquisa será feita até 30 de agosto de 2014. Para mais informações sobre o assunto, enviar email para aviaçã[email protected].

Fonte: Ministério da Justiça

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários