- Anúncio -

Bettyna Gau Beni
Consultora e cofundadora da Evoluigi

O mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo) se refere ao ambiente complexo, em constante movimento, absolutamente incerto em que vivemos hoje. Primeiro o termo foi utilizado no final dos anos 80 para se referir ao novo normal pós-guerra e agora, em plenos tempos de Covid-19, ele passou a representar o pós-normal, que segundo especialistas, será a nossa nova realidade.

E o que isso quer dizer? Quer dizer que por mais que tentemos nos preparar e acompanhar as mudanças e adotemos o lifelong learning (aprendizado para toda a vida, espírito de eterno aprendiz) , ainda assim provavelmente teremos a sensação ainda mais intensa de que quanto mais aprendemos, mais ainda teremos a aprender e, principalmente, que é esperado de cada um de nós a capacidade de desaprender para aprender o novo, de novo, de novo e de novo.

E ainda, talvez o mais importante de tudo, se considerarmos a capacidade da tecnologia para armazenamento de dados e a inteligência artificial aprendendo tudo o que já sabemos, com uma capacidade de análise e de resposta muito mais assertiva e rápida, o que será que deveremos aprender?

De acordo com o relatório do Fórum Econômico Mundial sobre o Futuro do Trabalho, 10 entre as 10 competências do profissional do futuro são essencialmente humanas, como pensamento crítico, criatividade, solução de problemas complexos, liderança, resiliência, inteligência emocional e por aí vai.

Por isso, o grande diferencial será aqueles que priorizarem o seu processo de autoconhecimento, um processo para a vida toda e que faz com que a mágica aconteça.

Sem nos conhecermos e mergulharmos realmente fundo em nós mesmos para entendermos como funcionamos, por que agimos e reagimos da forma que o fazemos, como nos sentimos a respeito de nós mesmos, jamais seremos capazes de fazer a nossa autogestão, assim como jamais conseguiremos evoluir com o nosso espírito de eternos aprendizes se não reconhecermos a forma como aprendemos.

Um pássaro que repousa numa árvore nunca teme que o galho se quebre porque a sua confiança está em suas asas”. (autor desconhecido)

Tenhamos confiança em nossas asas…

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários