- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Itália – Na terça-feira (1º), a 15º Esquadrão (STORMO) da Força Aérea Italiana comemorou seu 90º aniversário. Fundada em 1931 como uma unidade com aviões de bombardeio, em 1965 foi convertida em uma Ala de Busca e Salvamento.

Atualmente, o Esquadrão está sediado no aeroporto de Cervia e possui unidades em Decimomannu, Trapani, Gioia del Colle e Pratica di Mare. Seus helicópteros HH-101A, HH-212 e HH-139 (nas versões A e B) tem como missão recuperar tripulações em dificuldades tanto em tempo de paz (SAR – Busca e Salvamento), em tempos de crise e em operações fora das fronteiras nacionais (CSAR – Combat SAR).

O Esquadrão também apoia operações especiais e contribui em caso de desastres, como busca de desaparecidos no mar ou na montanha, bem como transporte e resgate aeromédico de pacientes traumatizados. Há alguns anos, também realizam atividades de combate a incêndios florestais.

O treinamento da tripulação, as características tecnológicas dos helicópteros, bem como o uso de equipamentos e técnicas especiais, como os óculos de visão noturna, costumam fazer da 15º Esquadrão a principal componente com emprego de helicópteros capaz de gerenciar com sucesso as mais complexos situações de emergência na Itália.

Com macas de biocontenção, no último ano, as equipes também foram empregas nos transportes de pacientes com COVID-19. Desde a sua constituição, as tripulações salvaram mais de 7.200 pessoas.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários